Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Teatro Arraial Ariano Suassuna abre temporada de espetáculos

A peça "Espera o outono, Alice" faz temporada nas sextas e nos sábados de 26 de abril até 25 de maio, enquanto que o espetáculo "Os Três Porquinhos" fica em cartaz aos domingos, de 28 de abril a 16 de junho.

Arnaldo Sete

Arnaldo Sete

“Espera o outono, Alice” abre a temporada de espetáculos do primeiro semestre de 2019 nesta sexta-feira (26)

Nesta sexta-feira (26) começa a temporada dos espetáculos selecionados pela Convocatória Pública de Ocupação do Teatro Arraial Ariano Suassuna. “Espera o outono, Alice” é a peça pernambucana que abre o ciclo e ficará em cartaz de 26 de abril até 25 de maio, sempre nas sextas e nos sábados, às 20h.

A peça, com direção de Analice Croccia e Quiercles Santana, é uma reflexão sobre as perdas, as mortes, as saudades, mas também sobre a pulsão de viver que nos habita. No elenco, os atores Paulo César Freire, Isabelle Barros, Bruna Justino e Natali Assunção se revezam em vários personagens e trazem fragmentos não-lineares da vida de Alice, uma garota com vida comum à de muitas garotas de classe média, mas que decide tomar uma decisão extrema. As ações foram desenvolvidas a partir de experiências pessoais e coletivas dos integrantes do grupo AMARÉ e dos diretores, além de experimentações feitas na sala de ensaio.

O início da temporada também reserva datas para o público infantil. De 28 de abril até 25 de maio, sempre aos domingos, às 16h, as crianças poderão assistir ao espetáculo “Três Porquinhos”, que faz uma releitura lúdica da fábula escrito por Joseph Jacobs. O primeiro semestre de 2019 ainda contará com “Meia Noite” e “Um pano que limpa o tempo”.

Essa convocatória acontece desde 2011 e foi pensada, principalmente, para formar público e mobilizar a produção local. Esses anos todos, tivemos muitos ganhos no edital, como a criação de temporadas específicas para espetáculos inéditos, além de pedir ações de acessibilidade comunicacional e estimular a regionalização. Não é à toa que ficamos muito felizes com a chegada de ‘Os Três Porquinhos’, que é uma montagem de Caruaru. É uma convocatória diferenciada, até porque é a única que oferece um incentivo financeiro no final para dar um gás no teatro do Estado”, comenta a gestora do Teatro Arraial, Ana Cláudia Wanguestel.

Confira abaixo a programação completa dos espetáculos selecionados pela Convocatória de Ocupação:

ESPERA O OUTONO, ALICE

Américo Santos

SINOPSE
“São tempos difíceis para os sonhadores”, disse Amélie. São tempos sombrios, mas ainda podemos dançar. Espera o outono, Alice, do AMARÉ Grupo de Teatro, propõe uma reflexão sobre perdas, mortes, saudades e também sobre a pulsão de viver que nos habita. O texto foi construído com um equilíbrio entre uma dramaturgia própria e enxertos da produção escrita de diversos autores, como os brasileiros Pedro Bomba, Felipe André, Marla de Queiroz e estrangeiros, como Carl Sagan.

SERVIÇO
ESPETÁCULO: Espera o Outono, Alice
LOCAL: Teatro Arraial Ariano Suassuna
DATA: 26/04 a 25/05 – sextas e sábados
HORA: 20h
INGRESSO: R$ 30,00 (inteira) | R$ 15,00 (meia-entrada)
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 14 anos

OS TRÊS PORQUINHOS

os três porquinhos 1_Easy-Resize.com

SINOPSE
O espetáculo conta de forma lúdica a história de três porquinhos que decidiram fugir do seu fazendeiro, após descobrirem que iriam para a panela. Durante o percurso os porquinhos aprendem lições de respeito e amizade com muita diversão.  A montagem utiliza a imaginação para fazer porquinhos de brinquedo ganharem vida, guarda-chuva tornar-se uma casinha e o roupão dos pais se transforma em um peludo lobo, mostrando que para o faz-de-conta não há limites.

SERVIÇO
ESPETÁCULO: Os Três Porquinhos
LOCAL: Teatro Arraial Ariano Suassuna
DATA: 28/04 a 16/06 – domingos
HORA: 16h
INGRESSO: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia-entrada)
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: Livre

MEIA NOITE

meianoite_Easy-Resize.com_Easy-Resize.com

SINOPSE
Partindo das histórias e da figura do Mestre Meia-noite, o espetáculo explora a capoeira como elemento criador e motivador do movimento, dialogando dramaturgicamente na relação pai e filho, mestre e discípulo, sendo o intérprete filho do mestre. São utilizadas dinâmicas corporais que buscam a relação entre o corpo e a memória, como via de investigação para cena, através de perguntas e frases norteadoras: O que constitui meu corpo? Quais as memórias inscritas no corpo? Que imagens preenchem os corpos, o corpo-herança, meu eu-corpo?

SERVIÇO
ESPETÁCULO: Meia Noite
LOCAL: Teatro Arraial Ariano Suassuna
DATA: 31/05 a 06/07 – sextas e sábados
HORA: 20h
INGRESSO: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia entrada)
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 10 anos

UM PANO QUE LIMPA O TEMPO

um pano que limpa o tempo 1

SINOPSE
TEMPO, e como nos relacionamos com ELE. “Duração relativa das coisas que cria no ser humano a ideia de presente, passado e futuro; período contínuo no qual os eventos se sucedem”. Baseado no conto de Mia Couto INUNDAÇÃO, o espetáculo fala da relação entre o tempo, a memória e a simbologia da casa, que no conto é atravessada pelo rio Tempo, que leva e traz a figura do PAI para a MÃE e seu FILHO, em um jogo de presença, saudades e lembranças.

SERVIÇO
ESPETÁCULO: Um Pano que Limpa o Tempo
LOCAL: Teatro Arraial Ariano Suassuna
DATA: 12/07 a 20/07 – sextas e sábados
HORA: 20h
INGRESSO: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia entrada)
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: Livre

< voltar para home