Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

“Trago Comigo” entra em cartaz no São Luiz

Jacob Solitrenick/Divulgação

Jacob Solitrenick/Divulgação

O filme da diretora Tata Amaral retrata como diversas gerações brasileiras lidam com a memória da ditadura

O Cinema São Luiz recebe nesta semana a estreia de Trago Comigo, longa dirigido pela diretora paulista Tata Amaral que retrata como diversas gerações brasileiras lidam com a memória da ditadura. O filme propõe lembrar como o esquecimento de nossa história pode fazer com que ela se repita. A película traz Carlos Alberto Riccelli no papel de Telmo, um ex-guerrilheiro que foi preso e exilado durante a ditadura e se tornou diretor de teatro. Ao perceber que não tem memória de alguns meses que passou na clandestinidade e preso, ele busca reconstruir o seu passado através de uma peça de teatro. Durante o processo teatral, é criada uma conexão entre o diretor e o elenco jovem, conforme as diferentes gerações mergulham no passado histórico do país.

Outra novidade da programação do equipamento cultural será a exibição, no sábado (16), às 17h50, de Mãe só há uma, novo filme de Anna Muylaert (diretora de Que Hora Ela Volta?, 2015). A apresentação do filme marca os nove anos de atividade do site CinemaEscrito.com, que conta com acervo  3 mil textos publicados – entre críticas, reportagens e entrevistas, e que, a partir de agora, ficará mais interativo e dinâmico, graças a uma reformulação no layout. Após a sessão, haverá um debate sobre a perspectiva internacional a respeito do cinema brasileiro com a participação dos críticos de cinema Andre Dib (correspondente do CCBA-PE no Fest. de Berlim), Ernesto Barros (Jornal do Commercio) e Luiz Joaquim (editor do CinemaEscrito). Os ingressos estarão à venda (no dia da sessão) na bilheteria do Cine São Luiz: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Seguem em cartaz no cinema patrimônio de Pernambuco o longa argentino Paulina, do cineasta Santiago Mitre; o filme pernambucano A História da Eternidade, de Camilo Cavalcante; a animação Angry Birds; o documentário PARATODOS; a película francesa Um Homem e Uma Mulher, do diretor Claude Lelouch, e o filme Big Jato, dirigido por Cláudio Assis.

Com som e projeção digitais, o São Luiz é o cinema de rua mais moderno de Pernambuco, um equipamento público sob a gerência da Secult-PE e da Fundarpe. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Às terças, os valores caem para R$ 6 e R$ 3, respectivamente.

Confira a programação completa abaixo. 
Semana: 14 a 20 de julho

TRAGO COMIGO
(Brasil,  2013,  84min.)
Gênero: Drama | Diretor: Tata  Amaral | Elenco: Carlos Alberto Riccelli, Felipe Rocha, Georgina Castro
Classificação Etária: 12 anos

Sinopse: Um veterano diretor de teatro, preso na ditadura militar, decide criar uma peça  para reconstituir sua história.
Dias e horários: quinta-feira (14), às 20h | sexta-feira (15), às 18h15 | sábado (20), às 14h | domingo (15), às 19h40 | terça-feira (19), às 15h25 | quarta-feira (20), às 19h50

UM HOMEM E UMA MULHER
(Une homme et une femme, França, 1h40min.)
Gênero: Romance | Diretor: Claude Lelouch | Elenco: Jean-Louis Trintignant, Anouk Aimée, Pierre Barouh
Classificação Etária: 14 anos

Sinopse: Durante uma tarde de domingo, visitando seus filhos no colégio interno, o piloto de corridas Jean-Louis Duroc e Anne Gauthier se encontram. Assim continua nos próximos fins de semana, eles vão conhecendo um ao outro e logo descobrem que ambos são viúvos, perderam seus parceiros recentemente. Depois de uma grande amizade, eles começam um relacionamento, mas a memória dos amores perdidos ainda é muito forte.
Dias e horários: sábado (16), às 15h45 | domingo (17), às 17h40

PAULINA
(La patota, Argentina,  2015,  103min.)
Gênero: Drama | Diretor: Santiago Mitre | Elenco: Dolores Fonzi, Oscar Martinez, Esteban Lamothe
Classificação Etária: 16 anos

Sinopse: Paulina (Dolores Fonzi), 28 anos, largou uma promissora carreira na advocacia para ser professora em uma região problemática da Argentina. Sacrificando o namoro e a confiança do pai, um poderoso juiz (Oscar Martinez), ela sustenta as suas convicções de ensino e política. Entretanto, sua crença é colocada à prova ao ser estuprada por um grupo de alunos.
Dias e horários: quinta-feira (14), às 14h | sexta-feira (15), às 19h50 | terça-feira (19), às 20h | quarta-feira (20), às 17h50

BIG JATO
(Brasil, 2015, 93min.)
Gênero: Drama | Diretor: Cláudio Assis | Elenco: Matheus Nachtergaele, Rafael Nicácio, Marcelia Cartaxo
Classificação Etária: 16 anos

Sinopse: O menino Francisco passa os dias a acompanhar o pai (Matheus Nachtergaele) no trabalho, ou melhor, nas estradas. O homem é motorista do imponente Big Jato, um caminhão-pipa utilizado para limpar as fossas da cidade sem saneamento básico. Mas o garoto está mais interessado nas ideias do tio, um artista libertário e anarquista. À medida em que descobre o primeiro amor, Chico percebe a vocação para se tornar poeta.
Dias e horários: quinta-feira (14), às 18h15 | sábado (16), às 20h | terça-feira (19), às 15h50 | quarta-feira (20), às 14h

ANGRY BIRDS
(The Angry Birds Movie, EUA ,Finlândia, 2015, 98min.)
Gênero: Animação | Diretor: Clay Kaytis, Fergal Reill
Classificação Etária: Livre

Sinopse: Adaptação do jogo Angry Birds, uma das maiores franquias mundiais de entretenimento, o filme vai contar a história de Red, um pássaro com problemas para controlar seu estresse, o veloz Chuck e o volátil Bomba, amigos que nunca tiveram seus valores reconhecidos. Quando misteriosos porquinhos verdes invadem a ilha onde moram, estes improváveis herois serão os responsáveis por descobrir qual o plano da gangue suína.
Dias e horários:  domingo (17), às 10h e 13h30 | terça-feira (19), às 13h30

PARATODOS
(Brasil, 2016, 110min.)
Gênero: Documentário | Diretor: Marcelo Mesquita | Elenco: Fernando Fernandes, Alan Fonteles, Daniel Dias
Classificação Etária: 10 anos

Sinopse: A trajetória, a vida e os desafios de alguns atletas paralímpicos, que fazem parte das delegações brasileiras de natação, atletismo, canoagem e futebol, em fase de preparação para os Jogos Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. O dia-a-dia, a superação, os obstáculos, as alegrias, as tristezas de cada um dos atletas são objeto deste documentário, que também debate a questão da inclusão dos deficientes físicos na sociedade brasileira em geral.
Dias e horários: quinta-feira (14), às 16h | sexta-feira (15), às 16h15 | quarta-feira (20), às 15h45

A HISTÓRIA DA ETERNIDADE
(Brasil, 2015, 120min.)
Gênero: Drama | Diretor: Camilo Cavalcante | Elenco: Cláudio Jaborandy, Débora Ingrid, Irandhir Santos, Leonardo França, Marcélia Cartaxo, Maxwell Nascimento, Zezita Matos
Classificação Etária: 16 anos

Sinopse: Alfonsina (Débora Ingrid) tem 15 anos e sonha conhecer o mar. Querência (Marcélia Cartaxo) está na faixa dos 40. Das Dores (Zezita Matos) já no fim da vida, recebe o neto após um passado turbulento. No sertão compartilham sobrenome e muitos sentimentos. Amam e desejam ardentemente.
Dias e horários: sexta-feira (15), às 14h | domingo (17), às 15h25 | terça-feira (19), às 17h40

< voltar para home