Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

“Um pano que limpa o tempo” retorna ao palco do Teatro Arraial Ariano Suassuna

Espetáculo inspirado no conto “Inundação”, do escritor moçambicano Mia Couto, estará em cartaz em curta temporada nos dias 14 e 15 de setembro, às 19h

Christina Schug/Divulgação

Christina Schug/Divulgação

Um pano que limpa o tempo é inspirado em conto de Mia Couto

Depois de uma temporada de sucesso no mês de julho, a Compassos Cia. de Danças volta ao palco do Teatro Arraial Ariano Suassuna, equipamento cultural gerenciado pela Secult-PE/Fundarpe. O grupo encena, nos dias 14 e 15 setembro, às 19h, o espetáculo ”Um pano que limpa o tempo”. A montagem, que é uma adaptação do conto “Inundação”, do escritor moçambicano Mia Couto, é interpretada pelos bailarinos Patrícia Costa e Fernando Rybka. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada), e estarão à venda na bilheteria do teatro duas horas antes das apresentações.

“Um pano que limpa o tempo” é um solo de dança teatro para duas pessoas. O enredo gira em torno da relação entre o tempo, a memória e a simbologia da casa. O espetáculo tem duração de 45 minutos e faz parte do projeto “A dança teatro do cotidiano”, desenvolvido pela companhia desde 2007. A ideia é manter a presença da literatura e do teatro nas produções, fundamentando gestos, ações e movimentos cotidianos aos jeitos e trejeitos da capoeira, da dança contemporânea, da memória e da vocalidade. A direção geral é de Raimundo Branco, que também assina a criação, o projeto de iluminação e a criação de arte.

Serviço

“Um pano que limpa o tempo”, da Compassos Cia. de Danças
Teatro Arraial Ariano Suassuna – Rua da Aurora, 457, Boa Vista (Recife, PE)
14 e 15 de setembro, às 19h
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), à venda na bilheteria do teatro nos dias das apresentações
Informações: (81) 99994-5629

< voltar para home