Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Grandes artistas brasileiros reverenciam Belchior no FIG

Show em homenagem ao cantor e compositor acontece nesta sexta-feira, 21/7

Camila Estephania

Falecido em 30 de abril deste ano, o compositor cearense Belchior não é passado. Embora tenha se esquivado dos holofotes por mais de uma década, o músico é autor de canções que dão voz a sentimentos e angústias desde 1970, quando iniciou sua carreira. A comoção provocada pela sua morte recente, em decorrência de uma parada cardíaca, é a prova dessa atemporalidade e intimidade que nem mesmo a sua reclusão foi capaz de apagar.

Reprodução

Reprodução

Obra do grande homenageado do FIG 2017 vai ecoar por Garanhuns nesta sexta (21)

Buscando evidenciar a obra do criador de “Como Nossos Pais” e outros clássicos, o pernambucano Juliano Holanda produziu o Tributo a Belchior, que será apresentado amanhã, no palco Mestre Dominguinhos, durante o 27º Festival de Inverno de Garanhuns. “É uma homenagem que tem muito valor afetivo para todos que estão envolvidos. Como a gente sabia que não podia fazer igual a Belchior, resolvemos ir por outro viés. Respeitando o trabalho dele, mas dando uma nova estética. A exceção de Ednardo, que era próximo e da mesma geração, tentamos nos comunicar com o estilo de cada um dos outros convidados”, explicou Holanda, que toca guitarra em todo o espetáculo. O repertório foi construído em conjunto, buscando trazer não só sucessos, mas também privilegiar um lado menos conhecido do cearense.

Para interpretar esse roteiro mais ousado, além de Ednardo, também sobem ao palco Lirinha, Fernando Catatau, Angela Ro Ro, Tulipa Ruiz, Isaar, Juvenil Silva, Renata Arruda, Cida Moreira e Gabi da Pele Preta. “A obra de Belchior é uma das mais influentes para as gerações que vieram depois dele em todo o Brasil. Pra mim, especialmente, por conta da relação dele com a literatura”, comentou o compositor pernambucano Lirinha, que vai defender as canções “Divina Comédia Humana” e “Pequeno Mapa do Tempo”. “Essa última muito importante para o nosso momento porque fala do medo”, destacou ele, sobre a contemporaneidade dos temas.

Jan Ribeiro/CulturaPE

Jan Ribeiro/CulturaPE

Fernando Catatau, durante ensaio para o show

“Ele foi muito importante para nós cearenses, porque a linguagem e os temas traziam muita identificação, mas ele é do Brasil. Acho que outros estados devem homenagear mesmo, assim como Pernambuco está fazendo”, opinou o guitarrista Catatau, que irá cantar as músicas “Pequeno perfil de um cidadão comum” e “Sujeito de Sorte”. Também conterrâneo do homenageado, de quem foi parceiro desde o início da carreira, Ednardo disse estar feliz em ver o amigo sendo celebrado por tantas gerações diferentes. “Eu acho maravilhoso, Belchior merece ser interpretado por muitos artistas, acho uma atitude super respeitosa com o trabalho dele”, falou.

Jan Ribeiro/CulturaPE

Angela Ro Ro vai cantar ‘Paralelas’

Entre os que também conviveram com Belchior em vida, a carioca Angela Ro Ro lembrou que o cearense foi um grande incentivador da sua carreira artística. “Ele foi muito generoso e me motivou a começar a trabalhar”, recorda a cantora, que interpretará “Paralelas”. Criada na cidade de São Lourenço, em Minas Gerais, onde Belchior passava férias, Tulipa Ruiz também diz que o artista foi fundamental para sua formação musical. “A cidade ficava em comoção quando ele chegava lá, todos se interessavam mais por música. Ainda era criança, mas quando uma coisa é boa, ela não expira. Belchior é isso, daqui a 500 anos ele vai continuar fazendo sentido”, conclui a cantora, sobre a permanência do compositor.

Jan Ribeiro/CulturaPE

Jan Ribeiro/CulturaPE

Destaque da música brasileira contemporânea, a cantora Tulipa Ruiz também sobe ao palco para reverenciar Belchior

O Tributo a Belchior no maior palco do FIG é nesta sexta-feira, 21 de julho. Confira abaixo a programação completa da noite e AQUI todas as atrações do Festival.

Palco Mestre Dominguinhos (21/7)

20h – Amanda Back
21h – Mundo Livre (PE)
22h30 – Geraldo Azevedo
0h – Tributo a Belchior: Ednardo (CE), Angela Ro Ro (RJ), Lira (PE), Cida Moreira (SP), Tulipa Ruiz (SP), Isaar (PE), Fernando Catatau (CE), Juvenil Silva (PE), Renata Arruda (PB), Gabi da Pele Preta (PE)

VJ Gabriel Furtado (projeções de 21 a 29/7)

< voltar para home