Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Palco Pop apresenta novos artistas para o público

Rodrigo Ramos

Rodrigo Ramos

Não Recomendados conquistou a plateia no segundo dia do Palco Pop

Por Camila Estephania

O grupo paulista Não Recomendados subiu ao Palco Pop na noite de ontem ainda desconhecido de grande parte do público e encerrou a apresentação como um dos shows mais queridos da quarta-feira. Embora a atração mais aguardada do polo no dia fosse a cantora Ava Rocha, o trio de performers roubou a cena e conquistou a todos com seu talento musical e senso de humor para tratar de temas sérios. Vestidos com roupas femininas, os cantores Caio Prado, Daniel Chaudon e Diego Moraes iniciaram a apresentação com “Rubens”, conhecida na voz de Cássia Eller, deixando claro desde o começo que a apresentação seria um grande manifesto contra o machismo e a homofobia.

Entre canções autorais, como “Não Recomendado”, e versões mais enérgicas de sucessos como “Cálice”, de Chico Buarque, e “Balada do Louco”, dos Mutantes, o grupo cantou em tom contestador demonstrando repúdio a qualquer tipo de repressão. Antes da música “Muderno”, os três citaram falas de políticos brasileiros que desrespeitaram os direitos humanos da população seguidas de solos enraivecidos de guitarra. A banda que acompanha os três artistas, por sinal, não fica atrás no quesito inovação e desenvolveu arranjos completamente originais para as releituras de canções já tarimbadas no imaginário popular, como “Depois do Prazer”, do grupo Só Pra Contrariar, e “Ficar Com Você”, da banda Cheiro de Amor. A primeira foi recriada sob a estética de uma balada sessentista, enquanto o axé da segunda ganhou interpretação triste. “Nunca entendi como as pessoas pulavam essa música atrás do trio elétrico”, avaliou Chaudon.

Rodrigo Ramos

Rodrigo Ramos

Trio faz manifesto contra machismo e homofobia

Apesar do nome Não Recomendados fazer menção a reprovação dos três cantores nas competições dos programas “Fama”, da Rede Globo, e “Ídolos”, do SBT, dos quais participaram, o grupo é recomendadíssimo justamente por não repetir fórmulas. A espontaneidade e naturalidade para tratar de temas como a sexualidade livre, por sinal, traz leveza a proposta do trio. Essa mesma originalidade também foi traço do show da paulista Ava Rocha, que trouxe o show envolvente do disco “Ava Patrya Yndia Yracema”, lançado em 2015.

Rodrigo Ramos

Rodrigo Ramos

Ava Rocha foi uma das atrações mais aguardadas e fez show envolvente

A voz grave da cantora inebriou a plateia absorta com músicas como “Hermética”, “Mar ao fundo” e “Transeunte Coração”. A personalidade transgressora da artista, que é filha do cineasta Glauber Rocha e usava uma espécie de coroa de facas, destacava-se em momentos como o do punk “Auto das Bacantes”, que reivindica mais espaço para as mulheres em posições de poder. Mesmo se tratando de uma quarta-feira, o público marcou presença expressiva no polo, que ainda teve shows de Milena Rimer e João Fênix no mesmo dia. Localizado ao lado da entrada do Parque Euclides Dourado, o palco foi o destino de vários visitantes que também buscavam aproveitar a programação do espaço, que mantém as apresentações do Som Na Rural em todos os dias do FIG.

Rodrigo Ramos

Rodrigo Ramos

O cantor João Fênix apresentou o repertorio de seu novo disco, “De Volta ao Começo” (2016)

Veja abaixo a programação desta quinta-feira no Palco Pop:

18h – Alkymenia
19h – Banda Sinaya
20h20 – Devotos

< voltar para home