Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Programação de Design e Moda joga luz sobre artistas e público do FIG

De 22 a 29 de julho, a Galeria Galpão traz exposições e reflexões sobre mercado criativo e empoderamento do consumidor

Por Clara Albuquerque

A programação de Design e Moda do 27º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) apresenta seis ações, entre exposições e intervenções do mercado da Economia Criativa, que tanto incentivam o público à apreciação das artes quanto à possibilidade de fazê-las. As atividades acontecerão na Galeria Galpão, com horário de visitação das 16h às 21h, entre os dias 22 e 29 de julho.

Divulgação

Divulgação

Sara Régia e Cristiano Brito trazem a exposição Unadesign

Entre os destaques das exposições está a UnaDesign, dos empreendedores Sara Régia e Cristiano Brito. Eles vêm com a inovação de compor, pela primeira vez, na programação do FIG, um ambiente interativo que une diversas vertentes do design, da moda, do mobiliário, da ilustração e da tatuagem, construindo um universo em que o visitante pode apreciar, consumir, aprender e participar de eventos. “Nosso foco maior é o mercado criativo. Estamos felizes de trazer, para o público de Garanhuns, a possibilidade de explorar diversos setores como a tatuagem, os desfiles de moda e os cortes de cabelo através de um formato que inclui rodas de conversa, apresentações e a própria relação de venda. Vai ser interessante para o público e para as marcas que estarão atuando, difundindo e divulgando seus produtos”, explica Cristiano Brito.

Quinze marcas, exclusivamente, pernambucanas, autorais e independentes estarão em atuação no UnaDesign de Garanhuns. Entre elas, Aladê, Banana Split Acessórios, Cirandela, Caio Lobo, Maria Ribeiro, Savina Store, o tatuador Marcelo Meneses e a cabeleireira Belle Souza. O público poderá apreciar e consumir, se desejar, um mercado de roupas, acessórios, cachaças e cigarros artesanais. Entre as quatro marcas de acessórios, está a Cápsula com o detalhe de produzir colares em resina utilizando folhas de plantas. A Cirandela compõe o grupo das roupas e traz o trabalho de uma estampa autoral. No primeiro dia da programação (22), o público poderá visitar o setor de tatuagem com Marcelo Menezes que participa, no dia seguinte (23), a partir das 18h, junto com o também tatuador Nando Zevê, de uma roda de conversa sobre Tatuagem Contemporânea.

Divulgação

Divulgação

Arthur Braga e Caroline Lima incentivam o visitante a produzir do seu jeito

A ação FazTu!, do designer Arthur Braga e da arquiteta Caroline Lima, traz a experiência dos artefatos DIY – Do it Yourself, isto é, “faça você mesmo”. São produtos com características estéticas marcantes, de fácil concepção e manejo, buscando, em sua simplicidade, a sofisticação esperada no desenho de ambientes internos e externos. Durante a exposição, haverá uma oficina para ensinar as pessoas a produzirem uma peça de design a partir deste conceito. “O que tenho percebido é que o conceito está em uma crescente, nos últimos anos, principalmente, com o avanço das tecnologias e a utilização das redes sociais. O interessante neste processo é o consumidor perceber que uma peça nem sempre precisa de um refinamento profissional. Ele pode se apropriar e construir uma postura mais ativa quanto ao uso de ferramentas e decoração”, explica Arthur.

A assessora de Design e Moda da Secretaria de Cultura de Pernambuco, Janaína Branco, fala da proposta de empoderar e instigar o visitante com a programação. “A intenção é elevá-lo a um status que vai além da apreciação e transformando-o num agente ativo e participativo. Isso fica retratado nas ações “Faz tu!” – onde o visitante percebe que é capaz de produzir seus próprios artefatos de consumo; na intervenção-instalação Revoada de Beija-flores, que propõe uma experiência de interação com obras de artistas locais. A grande novidade desta edição é o projeto UnaDesign que une pequenos produtores de moda e design do estado numa grande ação colaborativa”, diz ela.

A exposição Parangolé da Moda, de Adélia Collier, Eduarda Collier e Cora Viterbo, reúne o trabalho das marcas Adélia Collier e Loja Oush!, que possuem uma relação de geração entre mãe e filha, mostrando sua trajetória e processos experimentais no design de superfície. Montada a partir de uma inspiração na ideia dos Parangolés de Hélio Oiticica, a atividade possibilita uma interação com o público.  Já a Uma revoada de beija-flores, de Camila Brito e Renata GWanderley, é uma intervenção-instalação na área de Design, com a construção de mensagens pictóricas na customização de cinco beija-flores pelas designers e pelos artistas visuais José Godoi, Joyce Torquato e Diogo Magalhães.

Divulgação

Divulgação

O Clandestino Café marca presença em mais uma edição

A programação traz, ainda, duas ações especiais: o Clandestino Café, de Sara Rangel e Mateus Alves, e CALOR. Clandestino Café é um ônibus Mercedes de 1982 que pertencia ao exército brasileiro e foi transformado em uma cafeteria. O automóvel traz uma decoração com diversos elementos de Design para serem apreciados. CALOR é um painel sobre movimentos, períodos, cores e sprays de pimenta do ilustrador e produtor Raoni Assis.

Jedson Nobre

Jedson Nobre

O artista Raoni Assis vai desenvolver o painel CALOR

Confira a programação completa de Design e Moda do FIG 2017:

DESIGN & MODA

Galeria Galpão

De 22 a 29 de julho | 16h às 22h

Endereço: Av. Dantas Barreto, 34

EXPOSIÇÕES

UnaDesign

Sara Régia e Cristiano Brito

Ambiente interativo que une diversas vertentes do design, moda, mobiliário, ilustração e tatuagem. Composto pelas marcas pernambucanas, autorais e independentes: Aladê, Banana Split Acessórios, Cirandela, Caio Lobo, Maria Ribeiro, Savina Store, o tatuador Marcelo Meneses e a cabeleireira Belle Souza.

FazTu!

Arthur Braga e Caroline Lima

A ação traz a experiência dos artefatos ‘DIY – Do it Yourself’ ou faça-você-mesmo. Produtos com características estéticas marcantes, de fácil concepção e manejo, buscando em sua simplicidade a sofisticação esperada no desenho de ambientes internos e/ou externos.

Parangolé Da Moda

Adélia Collier, Eduarda Collier e Cora Viterbo

Exposição reúne o trabalho das marcas Adélia Collier e Loja Oush!, mostrando sua trajetória e processos experimentais no design de superfície. A exposição transmite a identidade dessas marcas, suas características e conceitos, montada a partir de uma inspiração na ideia dos Parangolés de Hélio Oiticica e possibilitando uma interação com o público.  As marcas possuem uma relação geracional, mãe e filha atuam traduzindo a criatividade e ludicidade do vestir livre!

Uma revoada de beija-flores

Camila Brito e Renata GWanderley

Intervenção-instalação na área de Design com a construção de mensagens pictóricas na customização de 05 beija-flores pelas designers e pelos artistas visuais José Godoi, Joyce Torquato e Diogo Magalhães. Mostra de arte e diálogo ao ar livre, contribuindo para formação de pontos de encontro, referências culturais e também lembranças imagéticas do festival.

AÇÕES ESPECIAIS

Clandestino Café

Sara Rangel e Mateus Alves

Um ônibus Mercedes 1982, “aposentado” pelo exército brasileiro, transformado em uma cafeteria itinerante vai difundir a cultura e o consumo de cafés.

Painel

CALOR – Raoni Assis

Raoni Assis é ilustrador, produtor e idealizador da galeria e espaço cultural A Casa do Cachorro Preto.

Nesse festival de inverno o artista deixa, numa das paredes da Galeria Galpão, um painel intitulado “CALOR”. Sobre Movimentos e períodos e cores e sprays de pimenta.

 

< voltar para home