Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Artistas do barro são homenageados no Espaço do Artesanato

Artesanato de Caruaru

Artesanato de Caruaru

Por Ana Elisa Freire

O Parque Euclides Dourado, além dos palcos Pop, Forró, espaços para dança, teatro, intervenções urbanas e mostras de arte, também conta com um espaço reservado para o artesanato pernambucano.

O local está com a exposição de 37 artesãos vindos de todas as partes do estado, escolhidos através de edital de seleção, sob os critérios de qualidade e diversidade, além da preocupação com a sustentabilidade. Materiais como couro, tecido, plástico, pneus, barro, papelão, sementes e madeira são explorados pelos artesãos que prezam pela criatividade e inovação em suas peças, que estão à venda no local.

Ainda no espaço, são homenageados artesãos pernambucanos que fizeram e fazem parte da cultura local. A exposição Raízes e Gerações possui peças dos próprios artistas e de familiares próximos, prova de que a tradição criada por esses profissionais passa de geração em geração. Estão presentes no espaço obras dos mestres Vitalino, Zé Caboclo, Manuel Eudócio e Galdino.

Cada um deles, com suas características, fizeram do barro instrumento principal de trabalho e criaram um estilo característico que envolve cenas do cotidiano dos afazeres do mundo rural, suas crenças, fantasias e superstições. Com a coordenação de Breno Nascimento, assessor de artesanato da Secult-PE, o local irá funcionar até o próximo dia 27, sempre das 14h às 22h.

< voltar para home