Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Casa Galeria Galpão está de portas abertas

Mostra “Feira de Quinta”, na Casa Galeria Galpão (Foto: Edmar Melo)

Mostra “Feira de Quinta”, na Casa Galeria Galpão (Foto: Edmar Melo)

Espaço abriga exposições, intervenções e performances até o final do festival

Por Olívia Mindêlo

Descendo no sentido da Avenida Dantas Barreto de Garanhuns, é só passar a entrada da Esplanada Guadalajara e poucos metros à frente, do lado esquerdo, chegar a dois polos do FIG que merecem uma parada este ano: a Casa Galeria Galpão e o Espaço Design e Moda. Ambos abriram as portas na tarde de ontem (sábado, 14/7) e seguem até o último dia do evento (21/7), com exposições, intervenções, performances e, no caso da última, palestras, desfiles e bazares, como o do Espaço Garimpo.

Na Casa Galeria Galpão (nº 44), cuja arquitetura antiga se impõe com pé direito alto e chãos de ladrilho hidráulico, as mostras de artes visuais ocupam cada um dos cômodos. Logo na entrada, do lado direito, a sala do baiano Devarnier de Almeida abriga, em clima de bordel de luzes vermelhas, objetos, pinturas e instalações do trabalho “Pramil: o beijo da mulher-dama ou o espelho da vontade à oscilação infinita do pêndulo da dor…”. É curioso e merece uma parada na mesa de bar, de onde se avista CDs pendurados e uma série de referências ao universo kitsch.

Expo de Devanier de Almeida (Fioto: Edmar Melo)

Expo de Devanier de Almeida (Fioto: Edmar Melo)

No salão principal da casa, está a mostra do fotógrafo pernambucano Mateus Sá, intitulada “Antes de ontem, ontem e hoje”. O trabalho ficou em cartaz no Centro Cultural Correios, no Recife, e busca trabalhar com a ideia de memória, através de imagens, vídeos e efeitos sonoros. Além dele, outro projeto de fotografia ocupa a Casa Galeria Galpão, no piso inferior: a “Feira de quinta”, do artista Iezu Kaeru.

Segundo a jornalista e fotógrafa Ana Lira, que assina o texto do catálogo, este é “um trabalho que convida à experimentação de um espaço, por meio da experiência sensível da luminosidade”. E dá sequência: “não estamos falando ainda de fotografia. Estamos dialogando sobre como o nosso corpo reage do momento em que a luz começa a encontrar caminhos pelas sombras madrugais até fazer-se intensa ao longo do dia”. Frutas e verduras também compõem o cenário da mostra, feita a partir de um mergulho do artista na Feira da Quinta, em Garanhuns.

Nos outros cômodos da casa, as exposições “Sobre o vento e o espelho”, com desenhos gráficos e geométricos de Daniel Corrêa de Araújo e Beatriz Melo (PE); “Além da geometria”, com obras de Braz Marinho Júnior (PE); e a instalação de “METAD3RME”, da Plurais Projetos e Produções Artísticas Ltda. (PE), também podem ser vistas pelo público no local.

Mostra “Sobre o vento e o espelho” (Foto Edmar Melo)

Mostra “Sobre o vento e o espelho” (Foto Edmar Melo)


Serviço:

Casa Galeria Galpão

Av. Dantas Barreto, 44, Santo Antônio.

Horário: diariamente, até 21/7, das 14h às 21h

Espaço Design e Moda

Av. Dantas Barreto, 34, Santo Antônio.

Horário: diariamente, até 21/7, das 14h às 21h

< voltar para home