Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

De palavras e afetos: “Febre do Rato” está em Garanhuns

Novo longa de Cláudio Assis encerra programação de cinema do FIG

Febre do Rato. (Foto: Divulgação)

Febre do Rato. (Foto: Divulgação)

O filme pernambucano “Febre do rato”, de Cláudio Assis,  encerra na noite desta quinta (19/7) a 8ª Mostra de Cinema do 22° Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). O filme, que narra as amarguras e prazeres do poeta Zizo (Irandhir Santos) por bares, vielas e pontes do Recife, vem colhendo elogios no Brasil e no exterior, como no Festival de Roterdam, na Holanda, onde foi exibido recentemente.

Além de Irandhir, que ficou conhecido nacionalmente como o deputado Fraga, de Tropa de Elite 2, o elenco traz os globais Nanda Costa, Matheus Nachtergaele, Mariana Nunes e Juliano Cazarré.  O diretor estará na sessão, onde conversará com o público do Cinema Eldorado (Heliópolis).

Entre drogas e corpos nus, palavras incontidas jorram da boca de Zizo, que entre a criação e divulgação de seu fanzine, se apaixona por Eneida (Nanda Costa). Imagens do Recife em preto e branco, feitas por Walter Carvalho, transportam o espectador para uma nova dimensão da cidade.

Antes de “Febre do Rato”, a mostra traz dois longas nacionais: “Uma professora muito maluquinha” (baseado na obra de Ziraldo) e “Luz nas trevas: a volta do bandido da luz vermelha”, de Helena Ignez.

Balanço – De acordo com Carla Francine, coordenadora de cinema da Secretaria de Cultura de Pernambuco, o balanço da Mostra de Cinema do FIG é positivo. Desde a última segunda (16/7), cerca de 4 mil pessoas compareceram nas sessões noturnas, no projeto cinema na estrada (em comunidades quilombolas) e em sessões matinais de cinema de animação para público infantil e portadores de necessidades especiais.

Na ultima quarta, por exemplo, a mostra FIG Animado reuniu crianças portadoras de Síndrome de Down e autismo, deficientes visuais e pacientes do hospital psiquiátrico de Garanhuns. Para a maioria, foi a primeira vez em uma sala de cinema. A seleção, feita por Luciana Druzina (coordenadora nacional do Dia Internacional da Animação), incluiu desenhos como “Josué e o pé de macaxeira”, “A fábula da corrupção” e “Para chegar até a Lua”.

A Mostra de Cinema do FIG termina amanhã, às 19h, com o projeto “Cinema na Estrada” no bairro de Mané Xéu. Confira programação em www.fig2012.com.

< voltar para home