Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Em intervenção, grupo Totem apresentou relíquias particulares

Na tarde da última segunda (16/7), grupo pernambucano convidou público a compartilhar suas lembranças

Grupo Totem montou seu relicário na última segunda-feira (16/7) à tarde (Foto: Tiago Calazans)

Grupo Totem montou seu relicário na última segunda-feira (16/7) à tarde (Foto: Tiago Calazans)

Por André Dib

Relembrar é viver. Com quase um quarto de século de atividade, o grupo Totem revisitou a própria história na tarde da última segunda (16/7). Por volta das 16h começou a ser montado o “Relicário”, uma estrutura especial formada por objetos utilizados em quase 40 espetáculos e performances ao longo dos anos.

A intervenção chamou a atenção do público, que circulava no Parque Euclides Dourado. “O que você guarda no seu relicário?”, perguntam os integrantes da trupe. As respostas foram gravadas em vídeo e serão usadas posteriormente.

Criador e diretor do Totem, Fred Nascimento diz que este trabalho, realizado a convite do 22º Festival de Inverno de Garanhuns, o inspirou a arquitetar um novo projeto, em comemoração dos 25 anos do grupo, que se completa em agosto de 2013. “Será uma retrospectiva com instalação, música e projeção de vídeos, que dialoga com a mistura de linguagens proposta pelo Totem, principalmente teatro, música e artes plásticas”.

Os objetos utilizados em “Relicário” são de espetáculos como “Rita” (1991), “Caosmopolita” (2005) e seu trabalho mais recente, “Rebentum” (2012), uma performance sobre o ritual do nascimento.

< voltar para home