Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Mais acesso aos deficientes visuais no FIG

Foto: Pri Buhr / Secult / Fundarpe

Foto: Pri Buhr / Secult / Fundarpe

Por Ana Elisa Freire

 

A acessibilidade também é pauta no Festival de Inverno de Garanhuns este ano. Em seu terceiro ano consecutivo, o camarote da acessibilidade, produzido a partir da parceria entre o Governo do Estado de Pernambuco, através da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e a Prefeitura de Garanhuns trouxe para a Guadalajara uma estrutura para dar toda segurança e acessibilidade para pessoas com necessidades especiais.

No camarote, toda a estrutura foi pensada para incluir todos os tipos de necessidades especiais como rampa e corrimão para pessoas com necessidades de locomoção, balcão baixo para melhor visualização do show, tradução em libras e áudio-descrição. Além disso, o espaço conta com apoio de bombeiros, banheiros especiais, alimentação e transporte para os 30 convidados por noite.

A áudio-descrição, trabalho realizado no FIG pelo profissional Paulo Vieira, vai além da simples descrição do que está acontecendo. Ela possibilita aos deficientes visuais ouvir não só o que acontece no ambiente, mas a descrição de emoções, através de palavras imagéticas. As sessões de áudio-descrição estiveram presentes no camarote da acessibilidade no domingo, 21/7, e também na quarta-feira, 24/7, a partir das 20h.

Habituada já ao trabalho das áudio-descrições, a deficiente visual Terezinha Ribeiro, do Recife, sentiu uma mudança enorme no seu bem-estar após participar desse trabalho. “É como se eu estivesse vendo tudo que se passa no local, através das palavras e das emoções. É um trabalho muito importante”, contou.

A Superintendente Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência, Rose Maria Santos, contou que a proposta do camarote é educar e divulgar as normas e serviços de acessibilidade. As inscrições para participar do camarote foram realizadas antes do início do FIG e já foram preenchidas.

Mas ainda tem opções para quem quiser participar de sessões de áudio-descrição no FIG. Neste sábado, 27/7, a peça de teatro “Viúva, porém honesta”, do Grupo Magiluth (PE) contará com o trabalho da equipe de áudio-descritores do Paulo Vieira. Para participar, é só aparecer no Teatro Luiz Souto Dourado para resgatar seu ingresso e informar que deseja participar da áudio-descrição.

< voltar para home