Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Mestres da música regional se encontram no Palco Guadalajara

Renato Teixeira, Xangai e Maciel Melo são as principais atrações desta terça (17/7)

O violeiro e cantador Renato Teixeira se apresenta com Xangai e Maciel Melo (Foto: Divulgação)

O violeiro e cantador Renato Teixeira se apresenta com Xangai e Maciel Melo (Foto: Divulgação)

Um encontro especial para a música brasileira acontece na noite desta terça no 22º Festival de Inverno de Garanhuns. No Palco Guadalajara, se apresentam Herbert Lucena, Lula Queiroga, Maciel Salu e Rogério e os Cabra. Encerrando a noite, Renato Teixeira, Xangai e Maciel Melo dividem o mesmo palco. Será uma grande celebração da cultura regional, com três mestres e representantes da riqueza deste gênero musical.

A noite começa com Rogério e os Cabra. Criado em 2004 pelo cantor e compositor Rogério Diniz, o projeto destaca-se por apresentar em suas canções elementos da cultura regional do agreste e sertão pernambucano, com influências do reisado, coco, xaxado, baião, afoxé e maracatu. Nascido no interior de Pernambuco, filho de ferreiro e de família de agricultores, Rogério costuma dizer que “a beleza está nas coisas mais simples, desde um espulinhar de pardais em um pé de castanhola, a um bafo de candeeiro numa casa de matuto”.

Logo depois se apresenta Maciel Salú, em show baseado em seu terceiro álbum, “Mundo”. Sua arte concilia ritmos pernambucanos de origem, como o frevo, coco e maracatu, com o afrobeat nigeriano, o eletrônico, a negritude do jazz e o swing e batidas dos ritmos latino-americanos. Maciel Salú iniciou sua carreira em palco com a banda Chão e Chinelo (1997-2001), de onde partiu pelo caminho da world music, e mergulhou pelos beats da música eletrônica junto à Orquestra Santa Massa com o DJ Dolores (2000-2004). A partir de 2003 o artista iniciou carreira solo.

Destacado nacionalmente pelo Prêmio da Música Brasileira, Herbert Lucena se apresenta no Palco Guadalajara (Foto: Divulgação)

Destacado nacionalmente pelo Prêmio da Música Brasileira, Herbert Lucena se apresenta no Palco Guadalajara (Foto: Divulgação)

Nascido em Recife, Herbert Lucena passou toda sua infância e adolescência em Caruaru, no Agreste pernambucano. Isso explica sua escolha pelo coco, ritmo de estrofes variáveis, cantado em improvisos e em estrofes prefixadas. Jacinto Silva, Jackson do Pandeiro e Azulão também foram decisivos na sua formação. O cantor também é grande admirador da parte rítmica das bandas de pífanos, o que o levou a introduzir esta formação percussiva em seu trabalho. Na Guadalajara, Herbert apresenta músicas de seu novo álbum, “Não me peçam jamais de graça a única coisa que eu tenho para vender”, que recebeu o maior número de indicações para o 23° Prêmio da Música Brasileira.

Palco Guadalajara (terça – 17/7):

21h – Rogério e Os Cabra
22h – Maciel Salu
23h – Herbert Lucena
0h – Lula Queiroga
1h – Renato Teixeira, Xangai e Maciel Melo

< voltar para home