Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Frevo, afoxé e coco animam o público do Palco de Cultura Popular

Tarde no polo foi marcada por grande participação do público.

Por: Roberto Moraes Filho

Proporcionando uma programação que abrange as diversas representações artísticas de Pernambuco, o Palco de Cultura Popular realizou na tarde de segunda-feira (20), durante o 25° Festival de Inverno de Garanhuns, um grande encontro de ritmos como o frevo, coco e afoxé. Entre os destaques do polo, a Troça Carnavalesca Mista o Bagaço é Meu, de Olinda, realizou um belo cortejo pela avenida Santo Antônio até a chegada ao palco, entoando frevos consagrados dos festejos de momo, como ‘Vassourinhas’, ‘Mosquetão’ e ‘Elefante’.

Normando Siqueira

Normando Siqueira

Apresentação da Troça Carnavalesca Mista O Bagaço é Meu, de Olinda.

Segundo a presidente da agremiação, Jandira Elias, este é o 4° ano que a troça se apresenta no festival. “Viemos com 50 integrantes, entre passistas e componentes da nossa orquestra, e é sempre uma satisfação muito grande trazer um pouco da tradição carnavalesca de Olinda para o FIG”, destacou.

Outra agremiação carnavalesca que também animou o público foi o Bloco Rural Caravana Andaluza, sendo o mais antigo em atuação na cidade de Tracunhaém. Originado no Engenho Abreu, no ano de 1963, o bloco apresentou ao público suas próprias toadas, inspiradas nas tradições rurais da Mata Norte de Pernambuco. “Queríamos demonstrar o que já possuímos de tradição ao longo destes 52 anos de atuação”, explicou Givaldo Francisco de Souza, que há 25 anos lidera o bloco.

Para Marcelo Mello, autônomo que veio do Recife com a família, para passar a temporada no festival, as apresentações de cultura popular são as mais chamam a atenção. “Sempre frequento este espaço durante o FIG. É o meu preferido, especialmente por proporcionar uma festividade que vai de encontro a variedade da cultura”, disse Marcelo, acompanhado da esposa e filhas.

Normando Siqueira

Normando Siqueira

Apresentação do Afoxé Omin Sabá, com danças e músicas dedicadas a Iemanjá.

Demonstrando rituais de matrizes africanas, o Afoxé Omin Sabá agregou em sua apresentação, um repertório musical fortemente inspirado nas histórias e lendas envolvendo Iemanjá. Ao som de agogôs e atabaques, o grupo atribuiu no palco, além do sentido de sua formação artística, iniciada no Recife em 2002, a luta pela igualdade racial e pela não violência contra mulheres.

“Nosso trabalho social é desenvolvido há 13 anos, possuindo como foco a desmistificação da negatividade sobre culturas de matrizes africanas em Pernambuco. O Afoxé Omin Sabá não representa apenas a arte que é vista pelo público, mas também a luta que ele atribui para que as tradições dos povos de terreiro sejam respeitadas pela sociedade” ressaltou Marcos Silva, vocalista do grupo.

Normando Siqueira

Normando Siqueira

Afoxé Omin Sabá

Na plateia, Ana Paula Freire, dona de casa que acompanhava o show com a filha Letícia, de 7 anos, a vivência da apresentação significou conhecer de forma mais coerente a cultura dos grupos artísticos de terreiros em Pernambuco. “Já tive a oportunidade de assistir outros afoxés, mas este me ensinou algo mais além do que apenas danças e cânticos. Adorei a apresentação e o ritmo do grupo”, comentou.

Entre as últimas atrações do polo, o grupo As Filhas do Coco, de Olinda, homenagearam a saudosa Dona Selma, convidando Poliana Sabrina Pena Ferreira, neta da eterna rainha do coco, para fazer parte da apresentação. Dançando como a avó, a menina de apenas 10 anos interpretou “A Rolinha”, encantando e sendo acompanhada pelo público presente. Após a apresentação, Sabrina falou com a equipe de Cultura PE e disse “Vou continuar o legado de minha avó e estarei lançando o CD ‘Netas de Selma Mirim’, em breve”.

Ainda animaram o polo a Troça Carnavalesca Mista Os Ciganos e o Clube de Bonecos Morena Tropicana, transformando o final de tarde no centro de Garanhuns em uma verdadeira prévia carnavalesca, regada ao som de antigos sucessos do frevo. E hoje nesta terça-feira (21), a programação do Palco de Cultura Popular continua! Entre os destaques, o Maracatu Estrela Brilhante de Igarassu, um dos Patrimônios Vivos de Pernambuco, estará se apresentando a partir das 17h.

< voltar para home