Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Intervenção sonora movimenta Casa Galeria Galpão

Músico pernambucano Juliano Holanda fez pocket show para visitantes

Por: Ana Beatriz Caldas

Por mais um ano, o músico pernambucano Juliano Holanda foi presença indispensável na programação do Festival de Inverno de Garanhuns. Só nessa edição, Juliano, que vem se apresentando em diversos polos do festival anualmente há 15 anos, já tocou com a Orquestra Contemporânea de Olinda, no Palco Mestre Dominguinhos, com a cantora Isadora Melo, no Palco Pop, e com a banda Ave Sangria, também no palco do Parque Euclides Dourado. No início da noite dessa quarta-feira (22), no entanto, o músico realizou uma apresentação em um formato diferenciado, para cerca de 50 visitantes e artistas, no salão principal da Casa Galeria Galpão.

Jorge Farias/Secult-PE

Jorge Farias/Secult-PE

Intervenção de Juliano e Rafael atraiu visitantes para o salão principal da galeria

No meio de uma das exposições fotográficas da galeria, junto ao músico Rafael Marques e unindo o violão a instrumentos menos utilizados em seus shows convencionais, como o bandolim e o violoncelo, Juliano cantou algumas das canções de seu projeto solo, como as da trilha da série global “Amorteamo”, exibida nos meses de maio e junho desse ano, que deram projeção nacional ao talento antigo e já lapidado do cantor e compositor. “Esse pocket show reuniu algumas de minhas músicas em uma nova roupagem, já que estou em um ‘palco’ que nunca tinha tocado por aqui. Meu objetivo é, cada vez mais, participar de modo mais ativo do FIG, atuando no maior número de focos de cultura possível“, comentou o músico.

Juliano, que também deve se apresentar no restaurante garanhuense Carmen e Frida na próxima sexta-feira (24), também elogiou a estrutura da nova edição do festival que vem assistindo crescer desde 2001. “A cada ano, a estrutura, o som e a técnica do evento melhoram. Venho acompanhando esse crescimento e é natural que ele continue acontecendo, assim como a qualidade dos shows e demais atrações“, completou.

< voltar para home