Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Palco de Cultura Popular estreia no FIG mostrando a riqueza das tradições pernambucanas

O público do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) deu início, nesta última sexta-feira (20), a um dos pontos altos de sua programação. A inauguração do Palco de Cultura Popular Ariano Suassuna trouxe representantes das mais diversas expressões culturais pernambucanas, com direito à presença do mais novo Patrimônio Vivo de Pernambuco, a Tribo Carijós do Recife. A inauguração contou com a presença do governador Paulo Câmara, do secretário de Cultura, Gilberto Freyre Neto, e do presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto.

Léo Caldas/Secult-PE/Fundarpe

Léo Caldas/Secult-PE/Fundarpe

O governador Paulo Câmara prestigiou a abertura do Palco de Cultura Popular Ariano Suassuna

No Palco Dominguinhos, o Barão Vermelho apresentou clássicos que empolgaram o público, encerrando a noite que teve ainda Amanda Back, Banda de Pau e Corda, Mariana Aydar, Veia Nordestina e Zélia Duncan. Enquanto isso, no Som na Rural, Devotos executou um show que matou as saudades de muitos dos fãs da banda.

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Amanda Back fez o show de abertura do Palco Mestre Dominguinhos neste sábado (20)

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

A Banda Pau e Corda no Palco Mestre Dominguinhos

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Mariana Aydar cantou vários sucessos da sua carreira

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Zélia Duncan contou com a participação de Almério no seu show

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Zélia Duncan fez uma participação no show do Barão Vermelho

Victor Jucá/Secult-PE/Fundarpe

Victor Jucá/Secult-PE/Fundarpe

Devotos se apresentaram no Som na Rural

Para os entusiastas da cultura popular, o dia foi empolgante. Além do caboclinho, houve os maracatus Nação Raízes de Pai Adão e Piaba de Ouro, Coco das Estrelas, Boi Faceiro, Afoxé Omim Sabá, Samba de Coco Irmãs Lopes, Maestro Fábio César e Banda Raízes Pernambucanas. No Som na Rural, ainda houve o Coco de Tebei e o DJ Evandro Q? nos intervalos.

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Boi Faceiro no Palco de Cultura Popular

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Afoxé Omim Sabá no Palco de Cultura Popular Ariano Suassuna

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Coco das Irmãs Lopes no Palco de Cultura Popular Ariano Suassuna

Victor Jucá/Secult-PE/Fundarpe

Victor Jucá/Secult-PE/Fundarpe

Coco de Tebei no Palco de Cultura Popular Ariano Suassuna

Victor Jucá/Secult-PE/Fundarpe

Victor Jucá/Secult-PE/Fundarpe

DJ Evandro Q? tocou nos intervalos do Som da Rural

Outro ícone da cultura pernambucana, Antônio Nóbrega fez uma apresentação marcante na Catedral de Santo Antônio com Sagrama à tarde. O público pode ter uma experiência diferenciada dos artistas, contando com a acústica da igreja. À noite, foi  vez de Alexandre Caldi e Quarteto Encore apresentarem o espetáculo Buarqueanas na igreja.

Rodrigo Ramos/Secult-PE/Fundarpe

Rodrigo Ramos/Secult-PE/Fundarpe

Antônio Nóbrega lotou a Catedral de Santo Antônio

Rodrigo Ramos/Secult-PE/Fundarpe

Rodrigo Ramos/Secult-PE/Fundarpe

A Catedral de Santo Antônio ficou lotada com a apresentação do Sagrama e Antônio Nóbrega

No fim da tarde, o lançamento de “Planet Hemp, Mantenha o Respeito”, de Pedro Luna, atraiu visitantes para a Praça da Palavra. O livro conta detalhes da história do grupo carioca e traz depoimentos de personagens pernambucanos de destaque na música. Houve debate a respeito da publicação, com a presença do autor.

Fernando Figueirôa/Secult-PE/Fundarpe

Fernando Figueirôa/Secult-PE/Fundarpe

Pedro Luna lançou o livro “Planet Hemp, Mantenha o Respeito”, na Praça da Palavra

ESTREIAS
Outros polos que estrearam ontem foi o Circo e o Figuinho, programação voltada para o público infantil. Os amantes da arte sob a lona puderam conferir o Circo da Família Vidal em duas sessões bem prestigiadas. No mesmo tom, as crianças tiveram a oportunidade de participar de vivências circenses no polo infantil, que teve também contação de histórias e apresentação da Fada Magrinha.

Rodrigo Ramos/Secult-PE/Fundarpe

Rodrigo Ramos/Secult-PE/Fundarpe

O espetáculo “Estórias Brincantes de Muitos Paizinhos” (PR) foi encenado dentro da programação do Figuinho, no Teatro Luís Souto Dourado

Rodrigo Ramos/Secult-PE/Fundarpe

Rodrigo Ramos/Secult-PE/Fundarpe

A programação do Figuinho ocupa do Parque Ruber Van Der Linden

 

< voltar para home