Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Poesia e megafone no FIG 2015

Projeto literário Intra-barulho estreou performance na Praça da Palavra

Por: Raquel Holanda

A Praça da Palavra teve plateia lotada de admiradores do coletivo sergipano, Sarau Debaixo, que trouxe para o Festival de Inverno de Garanhuns 2015 a estreia do projeto Intra-barulho: poesia & megafone. A noite de quinta-feira (23), foi mais uma daquelas em que a poesia mesclou-se com a música para o momento das declamações literárias.

A performance poético musical dos poetas Allan Jonnes, Pedro Bomba, Fábio Barros e Débora Arruda chamou a atenção pela espontaneidade e improvisos. “Estávamos ao mesmo tempo ansiosos e angustiados, não sabíamos o que iria acontecer: podia dar certo, mas também podia dar errado”, comentou Allan Jonnes. “Foi um experimento. Temos nossos trabalhos individuais, mas arriscamos fazer uma performance todos juntos, onde todos participassem na poesia do outro, fazer uma troca”, complementou Allan Jonnes ao falar que da ideia original que deu ideia á performance.

Embora o projeto tenha sido lançado na noite de quinta-feira (23), o público presente já conhecia o trabalho dos poetas. Vindos de diversas regiões do Nordeste, eles aplaudiam e continuavam as poesias que eram declamadas. “Faz mais de um ano que conheço o trabalho deles pelo YouTube, então aproveitei o FIG para vê-los pela primeira vez. Essa performance livre e aberta que eles criam, radical muitas vezes é o que mais me chama a atenção”, falou Cosme Rogério, que veio de Palmeira dos Índios (AL).

O conhecimento do público sobre os poetas de Aracaju (SE), também foi o responsável pela divulgação da apresentação. “Amigos daqui disseram para eu vir, e estou adorando. Nunca tinha visto poesia com música”, disse Olga Alves que veio de João Pessoa para conferir a atração.

A presença de um público participativo, além de ter lotado a casa, foi uma expediência positiva para a primeira apresentação dos artistas com o projeto Intra-barulho. “A gente teve um retorno do público, um calor que foi sensacional”, disse Allan Jonnes. Débora Arruda continuou: “Agora é continuar com a performance e amadurece-la para outras apresentações”.

< voltar para home