Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Tiê causa frisson em visita a escola de Garanhuns

por Leonardo Vila Nova

Smartphones em punho… dezenas de alunos numa ansiedade incontrolável, com corações palpitando e olhos vidrados na porta por onde entraria uma visitante muito esperada. No pátio interno da Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra, o frisson era tamanho! Entre gritos eufóricos e extasiados, os alunos da unidade de ensino, em Garanhuns, receberam, nesta sexta (24), a cantora Tiê, que veio conversar um pouco sobre sua vida e carreira com os jovens.

A escola estava toda preparada para receber a paulistana, que encerrou a série de visitas que artistas da programação do FIG fizeram a escolas públicas em Garanhuns, iniciativa conjunta das secretarias estaduais de Cultura e de Educação. Participaram também da ação Fafá de Belém, Quinteto Violado, Joanna e Silvério Pessoa. Tiê foi recebida com música executada por alunos da escola e por um poema recitado por um dos professores. O bate-papo girou em torno de vários assuntos ligados à cantora: como começou na música, como surgiram algumas de suas composições, quais suas influências, como foi sua vida estudantil, entre outros. Até pedido de casamento ela recebeu!

Costa Neto/Secult-PE

Costa Neto/Secult-PE

A cantora Tiê em conversa com a comunidade escolar de Garanhuns

Os alunos participaram ativamente do momento, num rodízio de perguntas. Maria Cecília e Maria Fabiana, ambas com 24 anos, já cursam a universidade, mas estavam lá, pra ver e conversar um pouquinho com Tiê. Fizeram perguntas pra cantora e estavam radiantes com o momento. “O trabalho dela é excelente. E a ideia de trazê-la tão próximo ao público foi muito boa, com essa recepção que ela teve, principalmente“, disse Cecília. “Quando a gente teria essa oportunidade de chegar e ter essa conversa quase ao pé do ouvido com ela?“, emendou Fabiana.

E, como não poderia deixar de ser, Tiê cantou. Um pocket-show, praticamente. Quatro canções do seu repertório – Se Enamora, Entregue-se, A Noite e Chá Verde – acompanhadas pelo coro pleno de estudantes. Professores também não ficaram de fora. E, antes de se despedir, a já tradicional selfie, com todos se espremendo para aparecer mais perto da cantora. Tiê deixou a escola bem surpreendida com o que acabara de viver.”Fiquei super emocionada com esse encontro, achei muito bonito! Ganhei até um travesseiro com a minha cara (risos)! Acho muito bacana (a iniciativa), pois permite um contato mais direto, fica mais natural e as pessoas podem fazer perguntas que realmente tem a ver com a gente. Foi demais!

< voltar para home