Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival de Inverno

Tributo a Jackson do Pandeiro marca a estreia do Palco Mestre Dominguinhos

Segundo dia do Festival de Inverno de Garanhuns é marcado pelo primeiro dia de shows no principal polo do evento. Som na Rural também estreou, além dos espaços de artesanato, audiovisual e encontro no Quilombo Castainho

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Silvério Pessoa comandou o tributo, que contou com Geraldo Maia, Lucinha Guerra, Lady Laay, Mari Periférica, Elba Ramalho, Zélia Duncan, Maciel Melo e Luíza Fittipaldi

Ficou fácil aguentar a chuva desta noite em Garanhuns. A estreia do Palco Dominguinhos, nesta sexta-feira (19), marcou o segundo dia do 29º Festival de Inverno de Garanhuns, com o tributo ao homenageado do evento, Jackson do Pandeiro. Silvério Pessoa, Geraldo Maia, Lucinha Guerra, Lady Laay, Mari Periférica, Elba Ramalho, Zélia Duncan, Maciel Melo e Luíza Fittipaldi subiram ao palco da Guadalajara para executar os sucessos do músico, fechando a programação. O dia contou ainda com as aberturas dos polos de artesanato, audiovisual e gastronomia, começando a dar o tom multilinguagem que é a marca do festival.

Para Elba Ramalho, participar do tributo fez voltar no tempo. “Eu cruzei com Jackson quando ele tava infartando. Fiquei louca, procurando alguém que não deixassem ele cantar, mas ele só falava que precisava cantar. Essa homenagem de hoje é mais que justa”, lembrou.

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Elba Ramalho e Zélia Duncan fizeram uma dobradinha no Palco Mestre Dominguinhos

Silvério Pessoa também encarou a participação como um presente. “Um sonho que vem sendo realizado. Foi um exercício de decalcar o mesmo que a obra de Jackson. Ele é um artista grandioso e os artistas convidados foram traçados no ritmo de cada um representa”.

Antes do tributo, subiram ao palco a Gold Hits Orquestra, Biu Roque com Alessandra Leão, Siba, Caçapa, A Fuloresta e Renata Rosa com o show Hoje a Noite é a Maior, e Elba Ramalho com show solo.

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

A Orquestra Golden Hits abriu a programação do Palco Mestre Dominguinhos

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Renata Rosa e Alessandra Leão participaram do tributo a Biu Roque

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Felipe Souto Maior/Secult-PE/Fundarpe

Elba Ramalho mostrou o repertório do seu novo show “O ouro do pó da estrada”

A programação musical teve ainda a estreia do Som na Rural. A atração trouxe shows de Cibele do Cavaco, Mestre Anderson Miguel – Sonorosa, Edmilson do Pífano e Samico. A noite teve o DJ Evandro Q? nos intervalos. À tarde, a Orquestra de Câmara de Pernambuco, com a soprano solista Carmen Monarcha, se apresentou na Catedral de Santo Antônio, que teve ainda o cantor Ayrton Montarroyos e seu show Mergulho no Nada.

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Encontro do Mestre Anderson com Siba no Som na Rural

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Samico foi uma das atrações do Som na Rural

Rodrigo Ramos/Secult-PE/Fundarpe

Rodrigo Ramos/Secult-PE/Fundarpe

O cantor Ayrton Montarroyos apresentou-se na Catedral de Santo Antônio

No Teatro Luiz Souto Dourado, a peça O Alienista atraiu o público adulto com seu enredo inspirado em Machado de Assis. No Cine Eldorado, houve sessões pela manhã e à noite. A partir das 10h30, a programação pensada para público infanto-juvenil contou com a Mostra Ambiental e o curta Militando pela Conservação e o longa Além da Lenda. À noite, as projeções para os adultos trouxe Mata da Pimenteira, também dentro da Mostra Ambiental, e Horror Brasileiro Contemporâneo dentro da Sessão Toca o Terror.

Rodrigo Ramos/Secult-PE/Fundarpe

Rodrigo Ramos/Secult-PE/Fundarpe

A peça “O Alienista” foi encenada no Teatro Luís Souto Dourado

QUILOMBO CASTAINHO
Hoje foi o primeiro dos três dias da Reunião Cultural das Juventudes de Povos Tradicionais no Quilombo Castainho, localizado na zona rural de Garanhuns. O encontro voltado aos jovens dos povos tradicionais do Estado conta com a participação da juventude de povos indígenas do estado.

< voltar para home