Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Formação Cultural

Seminário internacional sobre afrodescendência com inscrições abertas

Atividade é gratuita e contará com debates e painéis sobre culturas e populações de origem africana.

Foto: Fundação Cultural Palmares

Foto: Fundação Cultural Palmares

Milton Guran, jornalista e doutor em antropologia, está entre os painelistas confirmados para o evento.

Com informações da assessoria

Possuindo o intuito de apresentar um novo panorama envolvendo a mobilização das culturas e populações com origem africana, o Seminário Internacional Presença Afrodescendente na América Latina reunirá nos dias 4 e 5 de novembro, no Recife, representantes de estudos realizados em países como Brasil, Colômbia, México e Uruguai. A atividade, que é gratuita, faz parte das ações formativas realizadas pela Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), em parceria com o Comitê Científico do Programa Rota do Escravo: resistência, liberdade e patrimônio.

Durante a programação, mesas-redondas irão debater temas como cultura e afirmações identitárias, relações étnico-raciais e educação. Já nos painéis, além da abordagem de pesquisas científicas, tópicos envolvendo populações e a década internacional dos afrodescendentes, serão explanados por estudiosos como o jornalista e doutor em antropologia, Milton Guran; a historiadora e diretora do Departamento de História da Universidad de la República Uruguay, Ana Frega; a pesquisadora do Instituto Nacional de Antropología e Historia do México, Maria Elisa Velázquez; entre outros palestrantes brasileiros e estrangeiros.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas online, através do link: bit.ly/1LzEjOG . Ao final do seminário, os participantes receberão certificado. As atividades serão realizadas na Sala Calouste Gulbenkian, localizada na sede da Fundaj (Av. 17 de Agosto, nº 2187, bairro de Casa Forte, no Recife). Outras informações sobre o evento podem ser obtidas através do telefone: (81) 3073.6508.

Programação:

Quarta-feira, 4 de novembro
8h30 – Recepção/Inscrições
9h – Abertura (presidente da Fundação Joaquim Nabuco; presidenta do Comitê Científico Internacional do Programa A Rota do Escravo: resistência, liberdade e patrimônio, da Unesco; representante do Brasil no Comitê Científico Internacional do Programa A Rota do Escravo; e representante da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial)
9h30 – Painel I – Populações afrodescendentes na América Latina: experiências nacionais
Coordenação: Representante da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial –  Seppir
Painelistas: Prof. Dra. Ana Frega (Universidad de la República Uruguay); Prof. Dra. Claudia Mosquera (Universidad  Nacional de Colombia); Prof. Dr. Milton Guran (Universidade Federal Fluminense- Brasil)
12h – Almoço
14h – Painel II – Populações afrodescendentes na América Latina: experiências nacionais
Coordenação: Representante da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial –  Seppir
Painelistas: Prof. Dra. Rina Cáceres (Universidad Nacional de Costa Rica); Prof. Dra. Maria Elisa Velázquez (Instituto Nacional de Antropología e Historia – Inah, México)
16h – Mesa-redonda: Cultura e afirmações identitárias no Brasil
Coordenação: Representante da Fundação Cultural Palmares
- Movimentos Sociais Negros: constituição, reivindicações e conquistas, Prof. Dr. Petrônio Domingues (Universidade Federal de Sergipe)
- Memória e Patrimônio, Profa. Dra. Cibele Barbosa (Fundação Joaquim Nabuco)
- Políticas Públicas de Inclusão, Prof. Dr. Moisés Santana (Universidade Federal Rural de Pernambuco)
17h30 – Fundação Joaquim Nabuco – Curso de Especialização em Políticas de Promoção da Igualdade Racial na Escola: Prof. Dr. Joanildo Burity (Diretor de Formação e Desenvolvimento Profissional da FUNDAJ)
- Exposição dos banners com os trabalhos de conclusão dos alunos.

Quinta-feira, 5 de novembro
9h – Mesa-redonda: Educação e relações étnico-raciais no Brasil: narrativas de experiências
Coordenação: Representante da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação – SECADI
- Laboratório de Estudos Africanos – LEÁFRICA: Prof. Dra. Mônica Lima (Universidade Federal do Rio de Janeiro)
- Mestrado Profissional em Historia da África, da Diáspora e dos Povos Indígenas: Prof. Dr. Cláudio Orlando Costa do Nascimento (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia)
- Licenciatura em Estudos Afro-brasileiros: Prof. Dr. Carlos Benedito Rodrigues da Silva (Universidade Federal do Maranhão)
- Programa LABdidática: Laboratório de Acervos e Materiais Didáticos: Dra. Sylvia Couceiro (Fundação Joaquim Nabuco)
11h – Exibição do Documentário: “Trocas Atlânticas” produzido pelo LABdidática/Massangana Multimídia – FUNDAJ. Apresentação Cynthia Falcão
12h – Almoço
14h – Painel III: A Década Internacional dos Afrodescendentes: desafios e perspectivas – Maria Elisa Velázquez – Presidenta do Comitê Científico Internacional do Programa A Rota do Escravo: resistência, liberdade e patrimônio.
Coordenação: Rosalira Oliveira (Fundaj)
16h – Abertura da Exposição Fotográfica Presença afrodescendente na fotografia
17h – Encerramento

< voltar para home