Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Formação Cultural

Webdocumentário pernambucano reforça discurso contra a homofobia

Para disseminar ideais de tolerância, aceitação das diferenças e ainda ajudar no combate ao preconceito contra homossexuais, o publicitário pernambucano Marlon Parente lançou no último sábado, 20/2, o documentário Bichas.

divulgação

A obra sugere uma desconstrução do significado repressor do termo, amplamente difundido, em todas as esferas da sociedade.  “A bicha nunca é vista como algo bom na sociedade, caso contrário não seria usado como palavra de insulto. E para falar sobre bicha, nada melhor do que as próprias bichas. E nada mais justo do que dar a voz para alguma delas”, explica Marlon.  “O objetivo desse filme é levar informação para as pessoas. É exibir, mostrar, e repetir quantas vezes for necessário: ser bicha nunca foi um problema. A vivência e experiências dos meninos só reforçam períodos que muito dos meninos passam e de como isso é ruim”, completa.

O produto audiovisual acompanha a crescente leva de instrumentos criativos contra a homofobia. Uma série de seis entrevistas deu origem ao Bichas, que começou a ser gravado em novembro de 2015. Temas como o momento de se assumir, a relação com a sociedade, o empoderamento e aceitação pessoal são algumas marcas do documentário. Em menos de 48 horas após o lançamento, o filme já contabiliza mais de 35 mil visualizações no youtube.

Assista:

Para mais informações, acesse a fanpage do projeto

< voltar para home