Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

3ª Semana do Audiovisual Negro circula por Olinda, Recife e Afogados da Ingazeira

Entre 5 e 12 de abril, Olinda, Recife (Região Metropolitana) e Afogados da Ingazeira (Sertão do Pajeú) recebem a 3ª edição da Semana do Audiovisual Negro, evento que conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura. As exibições de filmes, atividades de formação e debates acontecem nos cinemas da UFPE, São Luiz, Teatro do Parque, Museu da Abolição, Centro Cultural Bongar e Cine São José.

A programação da III Semana do Audiovisual Negro conta com produções de realizadores do Norte, Nordeste e Sudeste do país entre curtas e longas-metragens. Além deles, o evento também conta com três oficinas e três debates sobre o mercado, crítica e performance que andam junto com o audiovisual negro e indígena.

A abertura do evento acontece no Teatro do Parque nesta terça-feira (5), partir das 19h, e vai contar com a apresentação do MC Paje Ib, jovem negro do Ibura, seguido de exibições dos filmes “Para Miguel”, de Victória Álvares e Mirtes Renata (PE), e “O Bem Virá”, de Uilma Queiroz (PE). No mesmo dia, as bandas Coco de Seu Zé Moleque e Coco Raízes do Coque encerram a sessão.

A III Semana do Audiovisual reafirma seu objetivo de disputa de narrativas e territórios. Com uma programação gratuita, dividida em três cidades na região metropolitana e no sertão do Pajeú e com alguns filmes acessíveis para pessoas com deficiências, a SAN pretende alcançar grupos sociais que têm acesso dificultado aos festivais audiovisuais que não fazem parte dos circuitos mais comerciais.

Além disso, a articulação com organizações de movimentos sociais e negros da cidade, na mobilização para o evento, reforça esse compromisso. É nesse sentido que o encerramento do evento ocorre no “Escama”, baile de rap e brega recifense que acontece sábado (9), às 22h, no Kilombo Urbano, no bairro da Boa Vista. Mais informações pelo perfil do evento no Instagram: @audiovisual.negro.

Confira a programação:

5/4 – Terça-feira
10h – Oficina: crítica e cinema negro brasileiro: uma introdução – ONLINE
19h – Apresentação cultural – Pajé Ib – Teatro do Parque
19h30 – exibição dos filmes Para Miguel (PE) e O Bem Virá (PE) – Teatro do Parque
21h – Apresentações culturais – Coco de Seu Zé Moleque e Coco Raízes do Coque – Teatro do Parque

6/4 – Quarta-feira
10h – Oficina: Entre o deslembrar e o desesquecer: o corpo – MAB
14h30 – Exibição de curtas – Teatro do Parque
15h30 – Mesa: Perspectivas do cinema e do audiovisual negro e indígena com a pandemia – online
17h30 – Exibição de curtas – Teatro do Parque
19h30 – Exibição dos longas Vaga Carne (BH) e República (SP) – Teatro do Parque

7/4 – Quinta-feira
10h – Oficina: crítica e cinema negro brasileiro: uma introdução – ONLINE
14h30 – Exibição de curtas – Cinema da UFPE
15h30 – Masterclass de roteiro com Cíntia Lima – Cinema da UFPE
17h30 – Exibição do longa MAPUTO NAKUNZANDZA (SP/RJ) – Cinema da UFPE
19h30 – Exibição de curtas – Cinema da UFPE

8/4 – Sexta-feira
14h30 – Exibição de curtas – Cinema da UFPE
15h30 – Mesa: Encontro de festivais de cinema negro e indígena do nordeste, norte e centro-oeste – Online
17h30 – Exibição de curtas – Cinema São Luiz
19h30 – Exibição do longa SEMENTES (RJ) – Cinema São Luiz

9/4 – Sábado
10h – Oficina: Filme-Carta – Centro Cultural Bongar
15h30 – Exibição de curtas – Cinema São Luiz
16h – CineBongar – Centro Cultural Bongar
17h30 – SESSÃO ESPECIAL NEGRITUDE NO AUDIOVISUAL PE – Cinema São Luiz
19h30 – Exibição do filme Cabeça de Nêgo(CE) – Cinema São Luiz

11/4 – Segunda-feira
- Exibições de curtas e rodas de diálogo em escolas da Rede Pública de Ensino de Afogados da Ingazeira

12/4 – Terça-feira
19h30 – Exibição de curtas – Cine São José
20h30 – O Bem Virá (2020) – Cine São José

< voltar para home