Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Caravana Tapioca leva seu ‘circo sem fronteiras’ a dez cidades pernambucanas

Divulgação

Divulgação

O grande faquir encantador de serpentes é um dos números do projeto Circo sem fronteiras

Com a proposta de descentralizar o acesso à cultura através da tradição circense, o Circo Caravana Tapioca realiza o projeto Circo sem fronteiras. A iniciativa, que conta com incentivo do Governo do Estado, através do Funcultura, vai levar apresentações para dez cidades pernambucanas a partir da quinta-feira (21).

O objetivo do Circo sem fronteiras é contemplar a população que ainda tem poucas oportunidade de frquentar circos e teatros, transformando a praça de cada cidade num verdadeiro palco. Além disso, três das doze apresentações contarão com recursos de audiodescrição e LIBRAS.

A foca equilibrista é outro número que promete surpreender e encantar o público de todas as idades

A foca equilibrista promete surpreender e encantar o público de todas as idades

O espetáculo é apresentado pelo excêntrico casal de artistas viajantes, Cavaco (Anderson Machado) e Nina (Giulia Cooper), que trazem as melhores atrações que encontraram em suas apresentações pelo mundo. O grande faquir encantador de serpentes, a mulher mais forte do mundo e a foca equilibrista são alguns dos números que prometem surpreender e encantar o público de todas as idades. Toda a montagem conta com música ao vivo, malabarismo e bastante comicidade inspirada no mundo mágico do circo.

Sobre o Circo Caravana Tapioca

O grupo foi fundado há seis anos no Recife pelos atores e artistas circenses Anderson Machado e Giulia Cooper, que há anos desenvolviam suas pesquisas e atuações separadamente.

A união deu origem a um vasto repertório de números e espetáculos que mesclam circo, teatro, música, e riso no processo de investigação do grupo. O Circo Caravana Tapioca vem se apresentando em palcos e picadeiros de todo o Brasil, realizando também diversas turnês pelo agreste e sertão nordestino, optando por realizar espetáculos na rua, como forma de democratização da arte e formação de plateia, quebrando a rotinas das cidades e desenvolvendo a sensibilidade do público para as artes.

Confira a programação:
21/04    | 19h
Cumaru (Praça Virgínia Heráclito)

22/04    | 17h
Riacho das Almas (Praça Nossa Senhora da Conceição)

23/04    | 16j30
Maraial (Praça Salvador Teixeira)

24/04    | 17h
São Benedito do Sul (Praça Caetano Alves de Aquino)

30/04    | 10h
(Audiodescrição e libras)
Jaqueira (Espaço Econúcleo)

01/05    | 16h30
Olinda (Alto da Sé)

08/05    | 17h
(Audiodescrição e libras)
Olinda (Praça do Carmo)

13/05    | 19h
Alto José do Pinho (Rua Severino Bernardino Pereira, em frente ao Caldinho do Biu)

14/05    | 17h
(Audiodescrição e libras)
Parque Dona Lindu (Área Externa)

15/05    | 16h30
Camaragibe    (Parque de Camaragibe)

21/05    | 19h
Betânia (Praça Central da Vila de São Caetano)

22/05    | 18h
Flores (Academia das Cidades, próxima à Praça Padre Cícero)

< voltar para home