Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Cinema brasileiro faz bonito no São Luiz

Dois longas nacionais - "Tatuagem" e "A coleção invisível" - dividem a programação com "Capitão Philips" e a animação "Um time show de bola"

Divulgação

Divulgação

Imagem do filme “A coleção invisível”

A produção cinematográfica brasileira, como sempre, continua bem representada na programação do Cinema São Luiz. Dois longas nacionais estão em exibição na sala, para quem gosta de apreciar as novidades da sétima arte. O aclamado “Tatuagem”, do diretor pernambucano Hilton Lacerda, e “A coleção invisível” – com participação do ator Walmor Chagas (in memorian) se encontram em cartaz. Também fazem parte da programação o filme “Capitão Philips” e a animação “Um time show de bola”.

Vencedor de quatro kikitos no Festival de Gramado e cinco troféus no Festival do Rio – entre outros prêmios nacionais – “Tatuagem” conta a história da companhia artística Chão de Estrelas, um grupo de artistas que provoca o poder e a moral estabelecida com seus espetáculos e interferências públicas, em um teatro/cabaré localizado na periferia. Liderada por Clécio Wanderley (Irandhir Santos), a trupe se alia a intelectuais e artistas, além de seu tradicional público de homossexuais, para manifestações de resistência política a partir do deboche e da anarquia. No entanto, a vida de Clécio muda ao conhecer Fininha (Jesuíta Barbosa), apelido do soldado Arlindo Araújo, 18 anos: um garoto do interior que presta serviço militar na capital. É esse encontro que estabelece a transformação do filme para os dois universos.

Segue também em cartaz no São Luiz “Capitão Phillips”, com Tom Hanks no papel principal, o comandante naval Richard Phillips. Experiente, ele aceita trabalhar com uma nova equipe na missão de entregar mercadorias e alimentos para o povo da Somália. Ao tentar chegar ao continente africano, o cargueiro é atacado por dois barcos, com oito somalis armados, exigindo todo o dinheiro a bordo. Uma estratégia inicial faz com que os agressores recuem, apenas para retornar no dia seguinte. Embora Phillips utilize todos os procedimentos possíveis para dispersar os inimigos, eles conseguem subir à bordo, ameaçando a vida de todos. Quando pensa ter conseguido negociar com os piratas, o comandante é levado como refém em um pequeno bote. Começa uma longa e tensa negociação entre os sequestradores e os serviços especiais americanos, para tentar salvar o capitão antes que seja tarde.

O nacional “A coleção invisível” continua sendo exibido no São Luiz. No elenco, Vladimir Brichta, Clarisse Abujamra, Ludmila Rosa, Conceição Senna e Walmor Chagas (in memorian). A família de Beto é dona de uma tradicional loja de antiguidades em que está passando por uma crise financeira. Para tentar solucionar este problema, ele se lança numa viagem até a cidade de Itajuípe, interior da Bahia, atrás de uma coleção raríssima de gravuras que foi adquirida há 30 anos por um antigo cliente, o colecionador Samir. Entretanto, logo ao chegar, Beto enfrenta uma forte resistência da esposa dele e de sua filha Saada.

Para a criançada, a opção é a animação “Um time show de bola”, dirigida por Juan José Campanella. O garoto Amadeo é aficcionado por totó e construu seus próprios jogadores e, com eles, ensaia as mais diversas jogadas. Um dia ele é desafiado por Ezequiel, um arrogante garoto que vive se gabando por ser um exímio jogador de futebol de verdade. Mas a partida épica de totó entre os dois não foi vencida por ele. Anos mais tarde, ele retorna rico e com seu dinheiro quer transformar a cidade natal em um espécie de parque temático. Agora, para salvar a cidade, Amadeo terá que aceitar o desafio proposto pelo vilão: enfrentá-lo numa partida de futebol de verdade. É quando algo mágico acontece e os bonecos da mesa de jogo ganham vida para ajudar o seu companheiro de grandes jogadas.

Confira os dias e horários das sessões do Cinema São Luiz:

“Tatuagem”
Sexta (31/1), sábado (1º/2), domingo (2/2), terça (4/2), quarta (3/2) e quinta (4/2): 19h45
Classificação etária: 16 anos

“Capitão Phillips”
Sexta (31/1), sábado (1º/2), domingo (2/2), terça (4/2), quarta (3/2) e quinta (4/2): 15h30
Classificação etária: 14 anos

“A coleção invisível”
Sexta (31/1), sábado (1º/2), domingo (2/2), terça (4/2), quarta (3/2) e quinta (4/2): 18h
Classificação etária: 14 anos

“Um time show de bola”
Sexta (31/1), sábado (1º/2), terça (4/2), quarta (5/2) e quinta (6/2): 13h30
Domingo (26/1): 10h e 13h30
Classificação etária: livre

Serviço
Cinema São Luiz
Rua da Aurora, 175, Boa Vista – Recife
Ingressos: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia entrada)

< voltar para home