Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Com incentivo do Funcultura, Museu da Abolição inaugura ludoteca no Recife

Espaço será o primeiro implantado nos museus do Estado oferecendo à população práticas ludicas e educativas com temáticas ligadas à cultura afrobrasileira

Para celebrar o Mês da Consciência Negra, o Museu da Abolição (MAB), localizado na Madalena, inaugura neste sábado (22), às 15h, o seu mais novo espaço: a Ludoteca. A abertura contará com uma programação especial, que inclui jogos, oficinas de contação de histórias e de penteados afro, além de apresentações culturais do grupo de Ogans e bailarinos do balé afro Majê Mole.

Com recursos do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura), o projeto é pioneiro em museus, aqui no Estado, e funcionará de forma permanente visando otimizar o espaço cultural do museu para oferecer à população um ambiente de práticas lúdicas e educativas, onde serão tratadas várias questões e temáticas ligadas à cultura afro-brasileira.

Equipamento cultural ganha uma Ludoteca (Foto: Divulgação)

Equipamento cultural ganha uma Ludoteca (Foto: Divulgação)

A Ludoteca será um espaço acessível, com acesso gratuito, para atrair e integrar todos os públicos, inclusive as pessoas com deficiência. A ambientação do novo local é assinada pelas arquitetas Kate Saraiva e Graciely Nery que fizeram uma verdadeira reestruturação, no intuito de abrigar objetos, brinquedos e jogos que irão compor o acervo da Ludoteca. “O museu já tinha disponível um espaço físico para tal, porém encontrava-se em desuso. E o projeto visou justamente aproveitar esse espaço de modo que ele esteja permanentemente oferecendo aos visitantes, sobretudo crianças e adolescentes, atividades lúdicas e de lazer a fim de preservar a memória do lugar, aproximando-os da sua história, identidade e manifestações culturais” pontua a turismóloga e produtora, Clarisse Fraga, diretora do Bureau de Cultura, responsável pela produção executiva do projeto.

Outro ponto que ela destaca como positivo na Ludoteca é que o espaço contempla a acessibilidade na adequação do espaço e acesso gratuito, na tentativa de atrair e integrar todos os públicos, inclusive as pessoas com deficiência. Além disso, a originalidade e inovação da Ludoteca refletem-se na própria constituição do espaço, já que será o primeiro existente nos museus do Estado, como também, na dinâmica de funcionamento, já que a mesma se consolidará como um espaço interativo, lúdico, recreativo e educativo onde a criança ou jovem terá a oportunidade de desenvolver a iniciativa e autonomia, enriquecendo as suas interações sociais e exercendo a cidadania.

A primeira etapa do projeto, iniciada em junho passado, foi encerrada com uma pesquisa elaborada por uma equipe de historiadores e antropólogos sobre cultura afro-brasileira com foco em brinquedos e brincadeiras. Depois, foi a vez dos brinquedistas (profissionais da área de recreação e lazer) que entraram em ação para selecionar e criar as brincadeiras baseadas nas pesquisas desenvolvidas pelos historiadores e antropólogos. A partir de agora, um sábado por mês, haverá uma programação especial com temas diversos para movimentar o espaço da Ludoteca. O funcionamento será de terça a sábado com agendamento no horário das 9h às 12h e das 14h às 17h. Informações e agendamentos pelo: (81) 3228.3228.

Sobre o Museu
O Museu da Abolição – Centro de Referência da Cultura Afro-brasileira – é uma instituição pública federal sem fins lucrativos de acesso gratuito que tem como missão prestar serviços à sociedade através do resgate, valorização e reconhecimento do patrimônio material e imaterial dos afrodescendentes, contribuindo para o fortalecimento da cidadania do povo brasileiro. Situado no Sobrado Grande da Madalena, edificação tombada pela Diretoria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (atual IPHAN) como Patrimônio Nacional em 28 de novembro de 1966, o Museu da Abolição foi inaugurado em 1983, e depois de ter sido fechado à visitação por duas vezes, reabriu suas portas ao público em 2005 com o objetivo de ser um museu totalmente integrado à sociedade. Hoje, o Museu da Abolição apresenta uma exposição fruto de um trabalho de construção coletiva iniciado em 2005 junto aos segmentos da sociedade que defendem os valores e reconhecimento da cultura afro-brasileira.

Serviço
Inauguração do novo espaço da Ludoteca no Museu da Abolição
Dia: 22/11/2014
Local: Museu da Abolição – Rua Benfica, 1150 – Madalena, Recife – PE
Horário: 15h

< voltar para home