Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Críticos brasileiros de cinema se reúnem no Recife para série de TV

"Palavra Crítica" terá gravações realizadas a partir desta quinta-feira (13/06), e 12 episódios com críticos brasileiros de cinema

Costa Neto/Secult-PE/Fundarpe

Costa Neto/Secult-PE/Fundarpe

“Palavra Crítica” irá apresentar a trajetória e o pensamento de críticos de diferentes gerações e de várias partes do Brasil, com o cineasta André Dib

O cineasta Tiago Leitão está produzindo a série “Palavra Crítica”, documentário que terá diálogos com 12 críticos brasileiros de cinema. Os episódios vão apresentar a trajetória de cada um deles – desde as primeiras memórias relacionados ao cinema até o debate sobre a análise fílmica e a relação da crítica com o mercado audiovisual. As gravações começam nesta quinta-feira (13), no estúdio da Opara Filmes, no Recife, até o próximo dia 19 de junho. A série, produzida com incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura, conta com entrevistas conduzidas pelo diretor Tiago Leitão e pelo pesquisador André Dib, também crítico de cinema.

“Senti uma carência em discutir a crítica cinematográfica, um das pilares para o pensamento cinematográfico, fundamental para a formação de público e da identidade do País. Então, convidei o pesquisador e crítico de cinema André Dib para desenvolvermos a série ‘Palavra Crítica’ e dar voz essas pessoas”, explica Tiago Leitão.

Divulgação

Divulgação

As gravações começam nesta quinta-feira (13), no estúdio da Opara Filmes, no Recife, até o próximo dia 19 de junho

“Palavra Crítica” irá apresentar a trajetória e o pensamento de críticos de diferentes gerações e de várias partes do Brasil. Os profissionais escolhidos tem marcante atuação como críticos nos veículos de imprensa e em atividades como curadoria, programação de salas, pesquisa e ensino. Alguns deles ainda ser tornaram realizadores audiovisuais, criando seus próprios filmes.

Participam da série os críticos: Alexandre Figueirôa (Recife), Ângela Prysthon (Recife), Ernesto de Barros (Recife), Carol Almeida (Recife), Celso Marconi (Recife), Heitor Augusto (São Paulo), Luiz Joaquim (Recife), Luiz Zanin (São Paulo), João Batista de Brito (João Pessoa), José Geraldo Couto (Florianópolis), Marcelo Ikeda (Rio de Janeiro/ Fortaleza) e Marcelo Lyra (São Paulo).

O projeto é uma realização da Opara Filmes em coprodução com a Plano 9 Produções. Além do Funcultura, conta com apoio do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), Agência Nacional do Cinema (Ancine) e Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), e de outros parceiros, como a Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine). A veiculação do documentário está garantida na TV Universitária (TVU), vinculada a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A previsão é que o lançamento ocorra ainda em 2019.

< voltar para home