Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Curso de Elaboração e Gestão de Projetos Culturais será oferecido no Agreste

Com o incentivo do Funcultura, o projeto irá oportunizar formação presencial e acessível em Libras para agentes culturais do Agreste de Pernambuco

Jennyfhem Mendonça/Divulgação

Jennyfhem Mendonça/Divulgação

Produtora cultural, Eliz Galvão será a facilitadora da formação

A Liga Criativa está com inscrições abertas para o Curso de Elaboração e Gestão de Projetos Culturais que oferecerá aos produtores do Agreste, entre os dias 5 e 28 de outubro, no Centro de Criação Galpão das Artes de Limoeiro. A iniciativa, que conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, por meio dos Funcultura, será oferecida gratuitamente de forma presencial e contará com 30 horas/aula. Os interessados poderão se inscrever até o próximo dia 29 de (quarta-feira), por meio deste formulário: docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdgPWa-XCve3xsx7jIbVW1aFM_empzYiAq9G1Hdxz9O9iygIQ/viewform?usp=send_form. A lista das pessoas aprovadas será divulgada no dia 1º de outubro (sexta-feira).

O curso visa apresentar o universo da elaboração, gestão e prestação de contas de projetos, tendo os editais do Funcultura Pernambuco como objeto de trabalho. A formação acontecerá sempre às terças e quintas-feiras, das 14h às 17 horas. Pessoas que residam em cidades próximas a Limoeiro também podem fazer a inscrição, que é gratuita e conta com formulário acessível em Libras, inclusive, está garantido intérpretes de Libras acompanhando todo o projeto, caso haja inscrições de artistas da comunidade surda.

“O Agreste de Pernambuco é conhecido pela sua potencialidade cultural, porém o acesso aos recursos via editais ainda é um desafio a ser enfrentado. A proposta da formação é desmistificar a ideia de que concorrer a editais e gerir projetos é algo inatingível. Vamos quebrar essas barreiras de uma forma leve, respeitando a individualidade e potencializando a autenticidade dos nossos agentes culturais”, ressalta Eliz Galvão, produtora cultural e facilitadora da formação.

Terão prioridade na inscrição: artistas e produtores da área de fotografia, mulheres, pessoas negras, pessoas com deficiência motora ou auditiva, pessoas idosas, moradores(as) de bairros periféricos e profissionais das artes transgênero, transexual, travesti ou intersexual. A formação atenderá um público de 20 pessoas e os que cumprirem a etapa presencial ganharão uma consultoria on-line individual para potencializar as ideias dos projetos e sanar dúvidas específicas.

Mais informações pelo perfil do Instagram da Liga Criativa (@LigaCriativa) ou pelo e-mail: liga@ligacriativa.com.br.

< voltar para home