Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Desfile vai encerrar atividades do ‘Visto, o que é meu!’

Projeto incentivado pelo Funcultura percorreu comunidades quilombolas de Garanhuns promovendo oficinas de criação e confecção de indumentárias

visto o que e meu

Após seis meses de trabalho e aprendizado, o projeto Visto, o que é meu!, conduzido pela estilista, figurinista e produtora cultural do Coletivo Tear, Katarina Barbosa, finaliza suas atividades com desfile das peças confeccionadas e apresentação de grupos de dança afro-brasileira das comunidades quilombolas do município de Garanhuns (PE), no próximo sábado (27), às 19 horas, em frente ao Posto de Saúde no Sítio Estivas.

O Visto, o que é meu! foi contemplado pelo Funcultura 2012-2013 na área de formação de cultura popular e tradicional e foi desenvolvido através de oficina de criação e confecção de indumentárias para grupos de dança afro-brasileira existentes em quatro comunidades quilombolas de Garanhuns, que são: Castainho, Estrela, Tigre e Estivas. A oficina foi realizada no Sítio Tigre com a participação do grupo de costureiras da Associação da Comunidade do Tigre e dos participantes dos grupos de dança.

“O objetivo do projeto é fortalecer os laços identitário entre as comunidades quilombolas de Garanhuns criando condições para o surgimento de agentes multiplicadores nessas comunidades, que passam por muitas dificuldades para dar continuidade aos grupos e para manter seus pés fincados no chão de suas raízes negras. A oficina é apenas uma ferramenta de estímulo para essas pessoas que tanto lutam pelo reconhecimento da sua cultura”, avalia Katarina Barbosa.

Serviço
Encerramento do projeto “Visto, o que é meu!”
Sábado, 27 de setembro | 19h | Posto de Saúde no Sítio Estivas (Garanhuns)

< voltar para home