Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

‘Do Vestido ao Nariz’ discute o protagonismo da mulher no circo

Espetáculo conta com incentivo do Funcutura e apresenta as palhaças Bilac, Carambola e Pixuruca

Paulo Teixeira/Divulgação

Paulo Teixeira/Divulgação

A montagem conta com três palhaças como protagonistas e está sendo apresentada no Circo Alves, em Vitória de Santo Antão

Numa discussão cômica e poética sobre o espaço da comicidade feminina no picadeiro tradicional, a Cia. 2 em Cena continua em temporada com o espetáculo Do Vestido ao Nariz – montagem que conta com três palhaças como protagonistas. A peça, que está sendo apresentada no Circo Alves, em Vitória de Santo Antão, segue com sessões de quinta (6) a domingo (10), com apresentações que alteram, a depender do dia, entre as 10h, 15h e 16h. A entrada é gratuita.

Do Vestido ao Nariz teve estreia no dia 1º de abril e conta com incentivo do Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura. De acordo com a atriz Paula de Tassia, uma das integrantes do coletivo, a ideia do espetáculo surgiu a partir de uma pesquisa de campo com os circos de Pernambuco. ”Percebi que não existiam palhaças nesses espaços e os circenses achavam estranho o fato de nós nos referimos como ‘palhaças’, mas quando uma mulher entrava no picadeiro assumia o gênero masculino e virava ‘palhaço’”, explica.

Paulo Teixeira/Divulgação

Paulo Teixeira/Divulgação

Do Vestido ao Nariz teve estreia no dia 1º de abril e conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, através do Funcultura

O espetáculo conta a história de Bilac, Carambola e Pixuruca, três palhaças que encontram um circo abandonado e resolvem torná-lo sua nova casa, apresentando ali seus números. Mas logo que decidem ficar naquele espaço, elas começam a receber mensagens da Ordem Mundial dos Palhaços, pedindo que as mesmas deixem o picadeiro. Mesmo sem permissão, as palhaças resolvem ficar e lutar pelo direito de estarem ali.

Segundo Paula de Tassia, a peça começou a ser pensada há alguns anos, mas era apenas uma inquietação. “O título da peça surgiu, por exemplo, a partir da leitura de um poema de Cecília Meirelles. Começamos a ler o livro Ou isto ou aquilo e me deparei com o poema ‘O vestido de Laura’. Foi quando eu vi que aquilo tinha muito haver com o que estávamos sentido. Estudamos alguns materiais e começamos a querer provocar a ideia de que a mulher pode seduzir pelo grotesco, pela graça e não só pela sensualidade tão explorada. Que podemos ser o que quisermos. Que não precisamos seguir padrões pré-estabelecidos numa sociedade patriarcal e machista”.

A atriz opina que a mulher como palhaça está ganhando espaço no Brasil. “Mas nos circos tradicionais ainda é algo que não se vê. Tivemos na estreia, por exemplo, um depoimento de uma das artistas do circo que disse que nasceu no circo e nunca viu ou imaginou ver uma palhaça”, revela. Apesar disso, Paula de Tassia conta que a Cia. 2 em Cena tem uma boa relação com o circo. “Fazemos alguns intercâmbios, mas espetáculo no picadeiro é uma novidade e uma experiência maravilhosa de aprendizado”.

Serviço
Temporada do espetáculo “Do Vestido ao Nariz”
Quinta (6/04) | 15h
Sexta (7/04) | 10h e 15h
Sábado (8/04) | 16h
Domingo (9/04) | 10h
Segunda (10/04) | 10h.
Circo Alves (ao lado da Feira livre de Maués, em Vitória de Santo Antão/PE)
Gratuito

Ficha técnica
Realização Cia 2 em Cena
Produção executiva: Paula de Tassia
Dramaturgia: Coletiva
Direção: Alessandro silva
Direção de movimento: Arnaldo Rodrigues
Direção musical: Davison Wescley
Oficina de técnicas circense: Bóris Trindade Jr.
Elenco: Jerlâne Silva, Paula de Tassia e Thais Silva.
Figurino: Agrinez Melo
Cenário: André Ramos e Marcelo Bonfim
Adereços: André Ramos
Assistentes de produção: Jerlâne Silva e Cindy Fragoso.
Contra regragem: Flavio Santana
Plano de luz: Cindy Fragoso

< voltar para home