Portal Cultura PE

Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Documentário pernambucano evidencia obra e pensamento do arquiteto Wandenkolk Tinoco

Assista ao curta "Wandenkolk", do diretor, arquiteto e urbanista Bruno Firmino

Lançado em 2015, com incentivo do Governo de Pernambuco,  por meio do Funcultura, o documentário Wandenkolk já está disponível online. O filme do diretor Bruno Firmino traça um paralelo entre as ideias e a produção do arquiteto pernambucano Wandenkolk Tinoco, personagem importante no desenvolvimento da arquitetura com linguagem moderna no Nordeste do Brasil, especialmente em Pernambuco.

Projetista e professor universitário, Wandenkolk e algumas de suas obras ganham a tela sugerindo reflexões sobre o desafio de conciliar o pensamento modernista ao modo de construir local, com soluções que privilegiam boas relações entre espaços públicos e privados, como jardineiras, varandas, cobogós, reentrâncias e vegetação como elementos compositivos e de proteção da incidência solar.

Frame/Curta

Frame/Curta

Wandenkolk Tinoco é referência para a arquitetura brasileira

O filme estreou no Festival de Curtas de Pernambuco – FestCine 2015, onde conquistou os prêmios de melhor trilha sonora e de terceiro lugar na categoria Documentário. De lá até aqui, já circulou por diversas mostras e festivais no Brasil e também no exterior, como a Mostra Docomomo Brasil (UFPE/Recife) e o Architecture Film Festival Rotterdam 2017 (Holanda).

Uma das conquistas do documentário é sua utilização como material pedagógico complementar em diversas faculdades do Brasil. De acordo com Bruno Firmino, “a ideia do filme surgiu a partir da escassez de material sobre a produção da arquitetura moderna realizada em Pernambuco. Existem algumas produções, mas ainda são bastante restritas ao circuito acadêmico, sem uma comunicação direta com um público mais amplo, e não especializado. O filme nasceu desta vontade, de tornar arquitetura um assunto do cotidiano das pessoas, da mesma forma que acontece com a música ou cinema, por exemplo”.

Ainda segundo o realizador, “outro aspecto que despertou meu interesse foi de ter um registro com ideias, imagens e as falas de um arquiteto bastante importante dentro da produção da arquitetura no Brasil, porém, pouco conhecido pelas gerações mais novas”.

Frame/Curta

Frame/Curta

Obras do projetista ganham destaque no documentário

O recorte temático do filme evidencia a produção de maior destaque de Wandenkolk: torres residenciais. “Com isso, é possível demonstrar que – diferentemente do que vem sendo produzido pelo mercado imobiliário nos últimos anos – é possível realizar uma arquitetura de qualidade sem que se comprometa a relação ‘edifício x cidade’ com soluções arquitetônicas apropriadas ao nosso clima”, opina Bruno.

Sobre o processo de gravação, Bruno lembra que “foi bastante enriquecedor, de bastante aprendizado. Sou arquiteto e urbanista, então todo o universo de gravação de um filme era novo para mim. Mesmo com uma certa proximidade entre as funções do diretor e do arquiteto (ambos decidem por onde uma pessoa anda num determinado espaço, para onde olhar, como se desenha a sombra e a luz num ambiente) e da arquitetura e do cinema comungarem do tempo e do espaço como matérias indissociáveis, filmar arquitetura trouxe alguns desafios que foram vencidos com a dedicação e profissionalismo da equipe, que abraçou o projeto de maneira extraordinária”.

Assista AQUI

< voltar para home