Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

‘Entre Passos e Sombrinhas’ leva o frevo a cinco municípios pernambucanos

Primeira parada do espetáculo produzido com incentivo do Funcultura será em Serra Talhada, nesta quarta-feira (7)

Divulgação

Divulgação

‘Entre passos e sombrinhas’ fala da história e sobre a importância da sobrinha na dança

O Studio Viégas de Dança vai dar início ao seu primeiro projeto itinerante do espetáculo Entre Passos e Sombrinhas, levando oito apresentações e oficinas para diversas cidades pernambucanas. A primeira parada do grupo será em Serra Talhada nesta próxima quarta-feira (7), no Palco de Cultura Popular, às 20h. Além da apresentação, haverá uma oficina com o diretor da montagem, Júnior Viégas, sobre o frevo na Fundação Cultural Cabras de Lampião, às 14h, com inscrições abertas no site do espaço cultural. As duas atividades são gratuitas.

“O espetáculo fala da história e sobre a importância da sobrinha na dança do frevo, mas como são duas coisas conectadas acabamos abordando o passo e a sombrinha com a proposta de fazer o público vivenciar o frevo de uma forma mais completa”, explica Júnior Viégas, diretor da peça. A coreografia é assinada por Bhrunno Henryque.

De acordo com Júnior, “o Studio Viégas surgiu há um ano e meio com a proposta de abrir horizontes e mostrar às outras companhias que há espaço nos editais públicos”. O espetáculo Entre Passos e Sombrinhas, por exemplo, conta com incentivo do Governo do Estado, por meio do Funcultura. “Existem muitas companhias de dança aqui no Recife que trabalham com o frevo, mas acredito que nem todas já vejam os editais como algo estratégico. Muitos espetáculos aprovados no Funcultura, por exemplo, são de dança contemporânea. Mas será que só são aprovados pelo mérito cultural ou porque a gente do frevo não o procura?”, questiona.

Rafaela Ribeiro/Divulgação

Rafaela Ribeiro/Divulgação

‘Entre Passos e Sombrinhas’ será apresentado nas cidades de Serra Talhada, Gravatá, Moreno, Recife e Olinda até o fim do ano, e conta com a participação de dez bailarinos

Entre Passos e Sombrinhas será apresentado nas cidades de Serra Talhada, Gravatá, Moreno, Recife e Olinda até o fim do ano, e conta com a participação de dez bailarinos trazendo as possibilidades de movimentações com a sombrinha, objeto que caracteriza o passista desde os primeiros registros desta manifestação que é Patrimônio Imaterial da Humanidade.

A articulação com os outros municípios foi feita com base nas experiências e contatos do próprio grupo. “Em Serra Talhada temos um professor chamado Julio Silva, que tem um trabalho chamado Sertão Frevo. Tive a ideia de levar o Entre Passos e Sombrinhas pra essa cidade pra fortalecer a história que ele tem desenvolvido por lá”, explica Júnior.

No domingo (11) o grupo também se apresenta em Olinda, no Clube Carnavalesco Vassourinhas, às 15h. A data da oficina ainda não está fechada, mas os interessados podem obter mais informações através do telefone (81) 99733.1866. A casadinha ‘espetáculo e oficinas’ vai contemplar ainda as cidades de Gravatá, Moreno e Recife. Para participar das aulas não é necessário ter experiência e as inscrições devem ser feitas diretamente nas instituições onde as oficinas serão ministradas.

Serviço
Espetáculo Entre Passos e Sombrinhas
Quarta (7) | Serra Talhada
Espetáculo: Palco Cultura Popular – Praça Sérgio Magalhães | 20h
Oficina: Fundação Cultural Cabras de Lampião | 14h
Domingo (11) | 15h
Clube Carnavalesco Vassourinhas | 15h
Mais informações sobre a oficina: (81) 99733 1866

< voltar para home