Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Escolas públicas de Camaragibe recebem apresentações do projeto ‘Batucar – o som da inclusão’

Projeto cultural que também atende portadores de deficiência intelectual, possui incentivo do Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura.

Divulgação

Divulgação

Intercâmbio com o grupo percussivo “Batuqueiros do Silêncio” de Casa Amarela, Recife.

Possibilitando a aprendizagem musical de crianças e adolescentes entre os 7 e 15 anos, através de instrumentos como pandeiros, triângulos, xequerês e alfaias, o projeto cultural ‘Batucar – o som da inclusão’, inicia a partir desta quarta-feira (18), um novo ciclo de apresentações musicais, que resultam de suas atividades formativas. A ação, que é promovida pelo Centro Comunitário Vivendo e Aprendendo, em Camaragibe, possui incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura.

Composto por oficinas gratuitas, que após serem concluídas incluem rodas de diálogo com mestres de cultura popular, além das apresentações de seus participantes, o projeto foi iniciado em abril desde ano e prossegue até o mês de dezembro. “Temos interesse em possibilitar que novas oficinas sejam realizadas no próximo ano. Mas, para isso, precisamos contar com parcerias que ajudem a levar esta ação adiante, favorecendo o conhecimento musical destinado para estudantes de escolas públicas da nossa cidade”, explica Thomás Galvão, integrante da coordenação pedagógica do centro.

Divulgação

Divulgação

Realização da oficina do projeto, com o educador Anderson Henry.

“As oficinas também atendem portadores de deficiência intelectual, o que significa um fator a mais voltado para o processo de inclusão social desta realização”, conclui Thomás. Durante a 3ª Fenearc – Feira de Negócios do Artesanato de Camaragibe, realizada em outubro, o grupo foi uma das atrações e possibilitou uma apresentação especial para a ocasião.

Outro espetáculo dirigido pelo educador da oficina, Anderson Henry, foi montado para mostrar toda a desenvoltura que as crianças e adolescentes conseguiram durante os 8 meses de oficinas realizadas pelo projeto. “O batucar é uma experiência única, onde pessoas de diversas características se envolvem de uma forma só com a música”, ressalta Celso Augusto, educando atendido pela oficina.

Confira a agenda de apresentações do projeto ‘Batucar – o som da Inclusão’:

Quarta-feira, 18 de novembro
Local: Escola Municipal João Paulo II (Rua Toquio Marques, Lot. João Paulo II, Camaragibe)
Horário: às 16h

Quarta-feira, 25 de novembro
Local: Escola Municipal José Collier (Av. Dr. Pierre Collier, nº 462 – Vila da Fabrica, Camaragibe)
Horário: às 16h

Quarta-feira, 2 de dezembro
Local: Escola Estadual Francisco de Paula Correia de Araújo (Rua Teodoro Borges, nº 150 – Timbi, Camaragibe)
Horário: às 16h

Domingo, 13 de dezembro
Local: Centro Comunitário Vivendo e Aprendendo (Rua Guilherme Veloso, nº 98, Lot. Celeiro, Camaragibe)
Horário: às 18h

< voltar para home