Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Espetáculo de dança ‘Passo’ segue em turnê pelo estado

Com incentivo do Funcultura, projeto de circulação da montagem alcança mais sete cidades em maio

Letícia Barbosa/Divulgação

Letícia Barbosa/Divulgação

Elenco é formado por quatro performers, Iagor Peres, Patrícia Costa, Sandra Rino e Raimundo Branco, todos de formações artísticas diversas

A Compassos, companhia de dança de Pernambuco, segue pelo estado com uma temporada de PASSO. O espetáculo de dança propõe diálogos com algumas manifestações populares do estado, como o frevo, a capoeira, o maracatu rural e o cavalo-marinho. De quinta (4) a sábado (7), a peça será apresentada na praça principal do município de Buíque. Em seguida, segue para o distrito de Mimoso, no domingo (7). Todas as sessões começam às 15h30 e são gratuitas.

Incentivado pelo Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura, o projeto prevê até o fim da temporada a circulação por 12 cidades e distritos pernambucanos, como Recife, Surubim, Limoeiro, Frei Miguelinho, Lajedo, Calçado, Jurema, Tuparetama, Ingazeira (Sitio Minadouro), Arcoverde, Buíque e Mimoso.

O elenco é formado por quatro performers, Iagor Peres, Patrícia Costa, Sandra Rino e Raimundo Branco, com diferentes formações artísticas. Já o espetáculo é composto por coreografias determinadas e improvisações, buscando o diálogo entre dançarinos e o público e de todos com o espaço.

Letícia Barbosa/Divulgação

Letícia Barbosa/Divulgação

Este é o primeiro trabalho do coletivo teatral que interage com os espaços urbanos, sejam praças, ruas, terreiros e quintais

De acordo com Raimundo Branco, que também é produtor da Compassos, este é o primeiro trabalho do coletivo teatral que interage com os espaços urbanos, sejam praças, ruas, terreiros e quintais. “Resolvemos que este seria um trabalho que andaria pelas ruas. Os personagens saem fazendo os passos em direção a uma praça, um centro cultural ou uma escola, como uma apropriação do espaço urbano”, pontua o produtor.

A ideia do espetáculo, ainda segundo Raimundo , surgiu com base na própria história do coletivo. “No início do grupo a gente fazia estudos com a dança de salão, depois enveredamos para a dança popular e, por fim, fechamos com a dança erudita e contemporânea. Acaba então que este espetáculo terminou sendo um retorno da gente às nossas origens”, revela.

Letícia Barbosa/Divulgação

Letícia Barbosa/Divulgação

Além da apresentação da montagem, o projeto conta com outras iniciativas, como a ‘Conversa ao pé da calçada’, uma espécie de bate-papo com o público

Além da apresentação, o projeto engloba outras iniciativas, como a ‘Conversa ao pé da calçada’, uma espécie de bate-papo com o público que será realizada numa praça da cidade, tendo como foco as diversas formas de ocupação dos espaços públicos dosmunicípio. “A conversa vai muito de acordo com o que a cidade possibilita, guiando o espaço e a dinâmica de trabalho. Ela pode acontecer tanto na sala de aula, como num centro cultural ou até mesmo na casa de alguém. Em Arcoverde, vamos sentar em frente à Estação Ferroviária. Já em Calçado e Buíque visitaremos escolas públicas, enquanto que no Sítio Minadouro o bate papo vai ser no terreiro do local. E a gente não vai falar só do espetáculo, vai falar de coisas da vida e da região”, explica Raimundo.

Com esta ação, além de estreitar a relação artista-espectador, o objetivo é tornar a circulação também um ato político, uma espécie de convite da Compassos para que a população da cidade visitada ocupe os espaços públicos, transformando-os em locais de troca de saberes.

Outra atividade acontecerá em sete dos municípios ou distritos visitados pelo projeto, com artistas locais. Trata-se da oficina de dança intitulada O Passo do Brincante, uma vivência embasada nas pesquisas realizadas e desenvolvidas pela Compassos, sugerindo diálogo com os espaços urbanos e as cenas artísticas locais. Em cada município, dois participantes e moradores da região serão convidados a compor o elenco.

Serviço
Espetáculo Passo
Quinta (4) a sábado (6) | 15h30
Buíque
Domingo (7)| 15h30
Mimoso
Gratuito

Confira a programação do projeto PASSO, da Compassos Cia. de Dança:
1ª etapa
Lajedo – 1 a 3 de abril
Jurema – 4 de abril
Calçado – 5 e 6 de abril
2ª etapa
Arcoverde – 30 de abril a 3 de maio
Buíque – 4 a 6 de maio
Mimoso – 7 de maio
3ª etapa
Sítio Minadouro/Ingazeira – 9 a 11 de maio
Tuparetama – 12 e 13 de maio
4ª etapa
Recife – 26 a 28 de maio
5ª etapa
Surubim – 26 e 27 de maio
Limoeiro – 31 de maio a 1º de junho
Frei Miguelino – 2 a 4 de junho

Ficha técnica:
Performers
Iagor João Barbosa Peres
Patricia Costa Pinto Barros
José Raimundo da Silva Neto
Sandra Elizabete de Lima Rino
Assessoria e Comunicação
Letícia Malaquias Mendes Barbosa
Comunicação Visual
Iara Sales Agra
Produção
Raimundo Branco e Patricia Costa
Incentivo
Governo de Pernambuco – Funcultura

< voltar para home