Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Espetáculo faz uso da arte-educação para contar a história de Camaragibe

‘Uma Jornada na Terra de Camarás’, idealizado pela atriz Elis Galvão, será apresentado de forma gratuita para dez organizações comunitárias da cidade, até o dia 17 de maio

Divulgação

Divulgação

“Uma Jornada na Terra de Camarás” reúne uma extensa pesquisa sobre a cultura camará, termo tupi que deu nome à cidade

Com apenas 34 anos de emancipação política, a história do município de Camaragibe ainda é pouco conhecida pelos moradores da cidade. Com a proposta de resgatar e levar às novas gerações as origens do município, a produtora cultural e atriz Eliz Galvão idealizou o espetáculo teatral Uma Jornada na Terra de Camarás, que está sendo apresentado, de forma gratuita, para dez organizações comunitárias. As apresentações acontecem até o dia 17 de maio, sempre às terças e quintas-feiras.

A montagem, que conta com incentivo do Governo do Estado, através do Funcultura, reúne uma extensa pesquisa sobre a cultura camará, termo tupi que descreve uma espécie de planta e que deu nome à cidade. A ideia do espetáculo, com forte apelo ambiental para um público infanto-juvenil, surgiu como forma de comemorar os 30 anos do município, completados em 2012.

“Camaragibe é um município emancipado há pouco tempo, porém com uma história riquíssima e pouco difundida, pesquisada e estudada. Percebi que a grande maioria dos moradores não conhecia a sua história, porque isso não é assunto discutido em sala de aula como deveria” explica Eliz Galvão. Ao longo da peça serão narrados fatos históricos pelos quais passou a cidade, como o período da colonização, os grandes engenhos, o auge da cana de açúcar e a implantação da vila operária mais antiga da América Latina, a Vila da Fábrica.

Divulgação

Divulgação

O próximo local a receber a peça é o Espaço Cultural Canto das Memórias Mestre Zé Negão, na comunidade João Paulo II, nesta próxima quinta-feira (14), às 15h

Com texto e encenação de Anderson Abreu, e produção executiva de Eliz Galvão, o espetáculo narra a história de Cristiano Ronaldo e Maria Joaquina, dois viajantes que, ao perderem o rumo da embarcação acabam atracando na Terra de Camarás. “Ali eles descobrem um local repleto de curiosidades e personagens fantásticos, desbravando e conhecendo a história de Camaragibe através do tempo, num passeio que vai do século XVI à contemporaneidade”, comenta a produtora. Os atores André Ramos, Múcio Eduardo e Sarah Coimbra dão vida aos diversos personagens.

Durante as apresentações de Uma Jornada na Terra de Camarás, o público recebe cartilhas com jogos educativos sobre os patrimônios de Camaragibe. Já os educadores e gestores das organizações comunitárias e escolas públicas recebem apostilas com jogos teatrais e de contos voltados à difusão e à reflexão sobre cuidados, consciência de pertencimento dos patrimônios materiais e imateriais do município. O material foi criado pela arte-educadora e pesquisadora Cláudia Alves, com base nos conceitos de arte-educação.

Serviço
Uma Jornada na Terra de Camarás
Quinta (14) | 15h
Espaço Cultural Canto das Memórias Mestre Zé Negão (João Paulo II)
Gratuito

Confira a agenda de apresentações:
14/04 (quinta) -Espaço Cultural Canto das Memórias Mestre Zé Negão (João Paulo II) às 15 horas
26/04 (terça) – Associação Mulheres do Santana (Santana) às 15 horas
28/04 (quinta) – Espaço Cultural de Alberto Maia (Alberto Maia) às 16h
03/05 (terça) – Grupo Artes e Talentos (Timbi) às 15h.
05/05 (quinta) – JOCUM (Jovens com uma missão) (Santa Mônica) às 14h e 16h
10/05 (terça) – Centro Dom Helder Câmara (Tabatinga) às 16h
12/05 (quinta) – Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário (Aldeia) às 16h
17/05 (terça) – Associação das Mulheres Guerreiras de Camaragibe (Vila da Fábrica) às 16 horas

< voltar para home