Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Exposição individual de Ramonn Vieitez chega ao Museu do Homem do Nordeste

'Assim (Enjoy the silence)' conta com incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura

Com informações da Assessoria

No próximo dia 13 de abril, às 19h, o artista pernambucano Ramonn Vieitez fará sua terceira individual no Recife, na Galeria Massangana, do Museu do Homem do Nordeste. Assim (Enjoy the silence) vai apresentar cerca de 20 telas selecionadas pelo curador Bernardo Mosqueira. A mostra é uma continuação da exposição homônima apresentada em junho do ano passado na Galeria Portas Vila Secas, no Rio de Janeiro. A proposta (que conta com incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura) foi pensada tendo como base o diálogo do artista com a sua cidade e também com outro estado, levando para fora de Pernambuco a produção contemporânea aqui realizada. No vernissage, também será lançado um vídeo sobre o artista realizado pelo coletivo Surto & Deslumbramento, falando um pouco do seu processo de trabalho.

Segundo o curador, durante a seleção foram identificados dois grupos de obras bastante significativos. Ambos com figuras masculinas e jovens. O primeiro com personagens situados em situações mais oníricas, e o segundo em situações de risco, de violência, de mistério. A opção curatorial foi por esse último grupo, do qual faz parte da série intitulada Assassinos, cujo estímulo e inspiração vêm da frase “pinte o que somos”. Esse trabalho teve início em pesquisas iconográficas feitas pelo artista em jornais e revistas, mas logo adentrou num outro universo, onde imperam os personagens retratados nas telas.

As telas escolhidas trazem esse personagem misterioso, que não se apresenta como bom, ruim, louco, violento… Ramonn lança o desafio dessa interpretação para o espectador, que fica livre para buscar e perceber a identidade emergente de cada obra. Nove telas têm dimensões iguais e trazem um personagem mascarado. Cada um deles traz uma máscara distinta, que esconde e revela, ao mesmo tempo. As outras sete peças mantêm o clima de mistério em situações diversas, mas também pouco reveladoras.

Esse mistério e essa espécie de indefinição, de dúvida, norteou, segundo o curador, a escolha do título da mostra: Assim (enjoy the silence). “Essa palavra é muito afirmativa, mas suscita complementos. Assim como? Assim por quê? Assim o que? O mistério dessas figuras foi o grande combustível para minhas conversas com Ramonn. Não sabemos se elas são vítimas, mártires, criminosos… Além disso, elas nos dão a sensação de que aqueles personagens estão na iminência de fazer algo grandioso, ou vivem os momentos sequentes a ações também grandiosas”, pontua o curador.

Segundo Ramonn Vieitez, algumas imagens são duras e denotam muita violência, fato que pode afastar algumas pessoas. Porém, isso não incomoda o artista que se justifica fazendo uso do pensamento de Marcel Duchamp que afirmava que seu objetivo era libertar a arte da necessidade de agradar aos olhos.

Desde os primeiros momentos de sua carreira, Ramon Vieitez encontrou na pintura seu suporte por excelência. Seus trabalhos demonstram quão ricos podem ser as incursões contemporâneas nessa técnica secular. As suas obras ganharam visibilidade também em feiras como SP Arte e ArtRio. Hoje há peças do artista em prestigiadas coleções como a do Museu de Arte do Rio de Janeiro (MAR) e Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-RJ).

SERVIÇO
Assim (enjoy the silence) – Ramonn Vieitez
Galeria Massangana – Museu do Homem do Nordeste – Avenida 17 de Agosto, 2187, Casa Forte, Recife-PE.
Curadoria: Bernardo Mosqueira
Abertura 13 de abril de 2016, às 19h
Visitação de 14 de abril a 22 de maio de 2016. De terça a sexta, das 8h30 às 17h. Sábados e Domingos, das 14h às 18h.
Incentivo: Governo de Pernambuco / Funcultura
Informações: 30736340

O ARTISTA

Individuais:
2015
• “Assim – Enjoy the Silence”, curadoria Bernardo Mosqueira, Galeria Portas Vilaseca, Rio de Janeiro, RJ.
2014
• “There Was a Boy”, curadoria Adriano Casanova, Galeria Amparo 60, Recife, PE.
• “Noctívago”, curadoria Adriano Casanova, Baró Galeria, São Paulo, SP
• “O Império dos Sonhos”, texto Renato Contente, Instituto de Arte Contemporânea, Recife, PE.
2013
• “Amago; Um Você” Centro Cultural UNESC, Criciúma, SC.

Coletivas:

2016
• “Ao amor do público I – Doações da ArtRio (2012-2015) e MinC/Funarte” Museu de Arte do Rio (MAR) Rio de Janeiro, RJ.
• “Entre#3″ Curadoria Jaime Portas Vilaseca, Galeria Portas Vilaseca, Rio de Janeiro, RJ.
2015
• “Map of the new art”, organização IMAGO MUNDI, Fundação Giorgio Cini, Veneza, IT.
• “Dá Última Viagem”, organização Lucia Santos, Galeria Amparo 60 Recife, PE.
• “Pra Começar” Curadoria Jaime Portas Vilaseca, Galeria Portas Vilaseca, Rio de Janeiro, RJ.
2014
• “Novas Aquisições 2012/2014 — Coleção Gilberto Chateaubriand”, Museu de Arte Moderna Do Rio, Rio de Janeiro, RJ
2013
• “Primeiro Ensaio” curadoria Bernardo Mosqueira, Portas Vilaseca Galeria Rio de Janeiro, RJ.
2012
• “A Força do Fazer” Exposição dos Finalistas do Prêmio Belvedere De Arte Contêmporanea, Comitê de seleção: Claudia Saldanha, Denise Mattar, Luciana Brito, Regina Silveira e Renata Rosa, Galeria Belvedere, Paraty, RJ.
• “Take a Bow”, organização Robert Grecco, Gallery U, New Jersey, EUA.
2011
• “Cold” ”, organização Robert Grecco, Gallery U, New Jersey, EUA.
2010
• “Na Tela do Corpo”, Centro Cultural Correios, Recife, PE.

Residências e Prêmios:

2015
• Finalista do Prêmio Frase Got Talent
2014
• Programa de Residência da Galeria Baró, São Paulo, SP
2013
• Residência do Prêmio Belvedere de Arte Contemporânea, Galeria Belvedere, Paraty, RJ.
2012
• Finalista do Prêmio Belvedere de Arte Contemporânea, Galeria Belvedere, Paraty, RJ.

Publicações:

• Catálogo Brazil: Land of the Future – Imago Mundi
• Catálogo da mostra New Queer Cinema, programa Caixa Cultura, 2015, Rio de Janeiro, São Paulo, Fortaleza, Salvador Curitiba.
• Catálogo da exposição There Was a Boy, 2014, Recife, PE.
• Catálogo do Prêmio Belvedere, 2012, São Paulo.
• Catálogo do Prêmio Belvedere, 2013, São Paulo, SP

Coleções:

• Coleção do Museu de Arte do Rio (MAR), Rio de Janeiro, RJ.
• Coleção Gilberto Chateaubriand – Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro, RJ
• Coleção do Centro Cultural UNESC, Criciúma, SC.
• MAM – Museu de Arte Moderna do Rio / Coleção Gilberto Chateaubriand / (Rio de Janeiro)
• Frase contemporary art (Itália)

< voltar para home