Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Faltam duas semanas para o fim das inscrições no 4º Funcultura Microprojeto Cultural

Promovido pelo Governo de Pernambuco, por meio da Secult-PE/Fundarpe, edital disponibiliza R$ 640 mil, abrange todas as linguagens e é voltado para jovens de 18 a 29 anos. Inscrições devem ser feitas até 6 de maio, pela plataforma Prosas

Faltam duas semanas para o fim do prazo de inscrições para o edital do 4º Funcultura Microprojeto Cultural, promovido pelo Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). O edital Microprojeto Cultural 2022 disponibiliza R$ 640 mil, abrange todas as linguagens e é voltado para jovens de 18 a 29 anos. As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 6 de maio, e devem ser realizadas, exclusivamente, pela internet, por meio da plataforma Prosas (prosas.com.br). Clique aqui e confira um tutorial sobre como fazer a inscrição pelo Prosas.

O Edital Microprojeto Cultural tem o objetivo de incentivar a produção de atividades artístico-culturais feitas pela ou para a juventude pernambucana. Porta de entrada para outros editais estaduais e nacionais, prevê projetos de baixo orçamento e tem como característica principal um formato simplificado de apresentação e de prestação de contas, podendo ser elaborado por pessoa física, jurídica sem fins lucrativos ou microempresário individual (MEI). Clique aqui e confira o edital.

Serão contempladas propostas de indivíduos, grupos e coletivos, formados por jovens (18 a 29 anos) de baixa renda, principalmente, de regiões ou cidades pernambucanas com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH); ou iniciativas de pessoas jurídicas sem fins lucrativos para a população jovem em situação de vulnerabilidade.

Com o formato de inscrições pela internet, no ano passado o edital recebeu um número recorde de inscrições, com um aumento de 97%, se comparado ao número total de inscritos no ano anterior (129).

“Este dado reforça que a capilaridade territorial do Funcultura, pois recebemos inscrições de todas as macrorregiões, e também demonstra a importância deste mecanismo de fomento à cultura no Estado, que se completa junto aos demais editais do Funcultura.”, detalha o presidente da Fundarpe, Severino Pessoa.

Segundo Aline Oliveira, superintendente do Funcultura, neste edital há a obrigatoriedade de aprovação de dois projetos para cada Região de Desenvolvimento do Estado, além de políticas de indução para a democratização do acesso aos recursos.

“Na última edição do Microprojeto Cultural, dos 43 projetos aprovados, 82% (35) foram propostos e serão executados por proponentes do interior do Estado. Além disso, 46,5% dos projetos aprovados oram propostos por mulheres e 65% por pessoas autodeclaradas negras”, pontua Aline Oliveira, superintendente do Funcultura.

EDITAIS - Além do edital Microprojeto Cultural 2022, outros três editais do Funcultura foram lançados pela Secult-PE/Fundarpe. O 16º Funcultura Audiovisual reserva R$ 9,2 milhões para as produções. As inscrições para concorrer ao fomento também estão abertas e devem ser realizadas até o dia 13 de maio. O edital está disponível aqui.

O 6º Funcultura Música terá R$ 4,1 milhões, com inscrições de 2 de maio a 3 de junho. Para acessar o edital, clique aqui. Com R$ 15,6 milhões reservados ao fomento, o Funcultura Geral 2022 é o maior dos quatro editais. As inscrições são de 16 de maio a 17 de junho e o edital está publicado aqui. Vale destacar que os editais de 2022 contemplam o formato presencial, virtual e híbrido.

“Ao todo, serão R$ 32 milhões em investimentos feitos pelo Governo de Pernambuco na seleção de projetos culturais destinados ao incentivo e fomento de projetos artísticos e culturais por meio de seleção pública. As linguagens contempladas são as seguintes: audiovisual, música, artes integradas, artes plásticas, artes gráficas e congêneres, artesanato, circo, cultura popular e tradicional, dança, design e moda, fotografia, gastronomia, literatura, ópera, patrimônio, teatro e formação, capacitação e pesquisa cultura”, pontua Gilberto Freyre Neto, secretário de Cultura de Pernambuco.

DUAS DÉCADAS - Principal e mais democrática e transparente política de fomento à cultura do Estado, o Funcultura chega a 20 anos de existência reunindo mais de nove mil produtores culturais cadastrados que, na última década, concorreram a cerca de R$ 330 milhões em fomento de projetos culturais.

< voltar para home