Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Festival Animage exibe filmes de animação do mundo todo

Curtas e longas-metragens com as mais variadas técnicas e abordagens estão na programação, realizada com incentivo do Funcultura.

Animage / Divulgação

Exibição de “Is The Man Who Is Tall Happy?”, do francês Michel Gondry,abre o festival.

O cinema de animação ganha mais uma vez destaque na agenda cultural do Recife e Olinda. A 6ª edição do Animage – Festival Internacional de Animação de Pernambuco promove mostras competitiva de curtas, exibição de longas-metragens e mostras temáticas, com produções de vários países. O  foco é no cinema de animação de autor, com as mais diversas técnicas e abordagens. A programação ainda conta com duas exposições, oficinas e masterclasses com diretores.

O evento ocorre de 16 e 28 de setembro em diversos pontos do Recife e Olinda, com atividades no Centro Cultural Correios, Caixa Cultural Recife, Cine São Luiz, Cinema da Fundaj, Alto José do Pinho, Praça do Carmo (Olinda), Parque da Jaqueira, Portomídia, Hospitais IMIP e Barão de Lucena. O festival tem acesso totalmente gratuito, por ter incentivo do Funcultura, do Governo de Pernambuco, e patrocínio dos Correios, Caixa Cultural Recife e Copergás. A realização é da Rec-Beat Produções Artísticas, com direção de Antonio Gutierrez e curadoria de Nara Normade, Tião e Renata Claus. Confira a programação completa no site http://www.animagefestival.com

O festival começa, nesta terça-feira (16), às 20h30, no Cinema São Luiz, com a exibição do documentário “Is The Man Who Is Tall Happy?”, do francês Michel Gondry, diretor de famosos videoclipes da cantora Björk e do filme “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças”. A sessão de abertura será no Cinema São Luiz. No documentário animada, Gondry ilustra as teorias do linguista, filósofo e ativista político norte-americano Noam Chomsky. O longa foi exibido com sucesso no Festival É Tudo Verdade.

LONGAS –  As sessões de longas serão realizadas no Cinema São Luiz com os filmes “Até que a Sbornia nos Separe”, do brasileiro Otto Guerra; o “O Menino e o Mundo”, de Alê Abreu; “Ernest Et Celestine” do trio belga Stéphane Aubier, Benjamin Renner e Vincent Patar;“CHEATIN”, do norte-americano Bill Plympton, e “Sinfonia Amazônica”, primeiro longa-metragem de animação brasileiro, dirigido por Anélio Latini Filho. Os realizadores Otto Guerra e Alê Abreu estarão presentes para conversar com o público após a exibição de seus filmes.

Animage / Divulgação

“O Menino e o Mundo”, de Alê Abreu, é um dos longas que serão exibidos no festival.

CURTAS –  Nesta edição, a Mostra Competitiva de curtas teve um número recorde de inscritos. Foram 611 filmes inscritos oriundos de 52 países. Os selecionados pela curadoria do festival concorrem nas categorias Melhor Curta-Metragem, Melhor Curta Brasileiro, Melhor Curta-Metragem – Prêmio do Público – esses com prêmios em dinheiro – Melhor Direção, Melhor Roteiro, Melhor Direção de Arte, Melhor Técnica e Melhor Som.

Para avaliar essas produções, o festival compôs um júri com renomados profissionais de três países: o canadense Chris Robinson, diretor artístico e curador do Festival Internacional de Animação de Ottawa; Regina Pessoa, animadora e artista plástica portuguesa; e o brasileiro Alê Abreu, ganhador de diversos prêmios, sendo a mais recente conquista a premiação de Melhor Filme no Festival de Annecy com o longa “O Menino e o Mundo”, candidato a representar o Brasil no Oscar. O filme será exibido em uma sessão especial. Alê Abreu também é o responsável pela ilustração e vinheta do festival neste ano, que conta também com trilha sonora de Lirinha.

MOSTRAS ESPECIAIS – Na programação, além da Mostra Competitiva, ocorrem Mostras Especiais temáticas, a exemplo da homenagem ao centenário do grande animador escocês Norman McLaren. Nasegunda mostra especial, uma seleção de curtas apresentados no Festival Internacional de Animação de Ottawa, organizada pelo curador canadense Chris Robinson. E pelo terceiro ano consecutivo o Animage promove a concorrida Mostra Erótica, com produções que giram em torno da sexualidade, com cores e formas provocativas. E ao lado da exibição de “O Menino e o Mundo”, esta sessão vai contar com o recurso da audiodescrição para pessoas com deficiência visual. Três narradores vão explicar as partes mais importantes da narrativa de cada obra.

PARQUES – O Animage se espalha para além das salas de exibição e promove sessões ao ar livre no Parque da Jaqueira, na Praça do Carmo e no Alto José do Pinho. Para estes locais, a curadoria escolheu filmes para todas as idades, predominando produções infantis, com temáticas leves.

EXPOSIÇÕES – O festival abre sua programação com duas exposições simultâneas no Centro Cultural Correios e na Caixa Cultural Recife. A artista visual portuguesa Regina Pessoa vai apresentar no Recife com exclusividade uma exposição sobre o processo de criação do curta “Kali, O Pequeno Vampiro”  no Centro Cultural Correios. A segunda exposição, na Caixa Cultural Recife, homenageia Norman McLaren, um dos pioneiros da animação mundial, consagrado ainda por desenvolver uma técnica de desenho direto em película. A mostra destaca alguns de seus filmes mais importantes.

ANIMAGE – VI FESTIVAL INTERNACIONAL DE ANIMAÇÃO DE PERNAMBUCO
De 16 a 28 de setembro de 2014
Locais: Cinema São Luiz, Cinema da Fundação, Centro Cultural Correios, Caixa Cultural Recife, Parque da Jaqueira, Praça do Carmo, Alto José do Pinho, Portomídia, Hospital Barão de Lucena e IMIP.
Entrada Gratuita
Programação completa: http://www.animagefestival.com

< voltar para home