Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Funcultura convoca candidatos a pareceristas de projetos culturais

Especialistas serão selecionados pela Comissão Deliberativa

A Comissão Deliberativa do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura) torna pública convocatória para indicação de pareceristas de projetos culturais submetidos aos editais do Fundo. As entidades e instituições culturais de todo o Brasil podem apresentar candidatos. Qualquer pessoa interessada com experiência nas seguintes áreas pode se inscrever: dança, circo, ópera, teatro, fotografia, literatura, música, artes plásticas, artes gráficas e congêneres, cultura popular, artesanato, patrimônio, gastronomia, artes integradas, design e moda. Baixe o edital de convocação e a ficha de inscrição

As inscrições podem ser feitas até 14 de abril de 2014, presencialmente na Diretoria de Gestão do Funcultura, localizada no prédio da Fundarpe (Rua da Aurora, 463/469, Boa Vista, Recife – PE, CEP: 50.050-000) no horário das 08h às 17h, por Correios ou por email com envio para o endereço funculturagrupotematico@gmail.com. Para se candidatar, é necessário apresentar ficha de inscrição preenchida, cópias do CPF e RG, currículo (máximo 3 páginas) e as devidas comprovações curriculares.

A Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco, a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), as Comissões Regionais, as Comissões Setoriais constituídas também podem indicar especialistas para serem avaliados pela Comissão Deliberativa do Funcultura. Nestes casos, a ficha de inscrição deverá ser acompanhada de ofício destinado à Comissão Deliberativa.

Os especialistas selecionados irão compor os Grupos Temáticos de Assessoramento Técnico à Comissão Deliberativa, que analisarão projetos relacionados à linguagem artística que atuam, relatando suas considerações e emitindo pareceres. Os grupos devem ser compostos por, no mínimo, três membros. A seleção será feita pela Comissão Deliberativa do Funcultura, mediante análise curricular.

Os integrantes dos Grupos Temáticos são remunerados. Para cada especialista deverá ser pago um piso mínimo de R$ 1.000,00 (mil reais) para análise de até 10 projetos e, a partir daí, o valor de R$ 100,00 (cem reais) pela análise de cada projeto excedente.

< voltar para home