Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Funcultura fortalece 9ª edição d’A Noite do Desbunde Elétrico’

Festival também traz as bandas Sabiá Sensível, Mabombe e Feiticeiro Julião, além dos sergipanos do The Baggios e Estúdio Box & Azulejo

Divulgação

Divulgação

Lendário Edy Star, baiano ícone da música brasileira dos 70’s e ex-parceiro de música de Raul Seixas, está na programação do Desbunde

Consolidado com um dos mais importantes festivais da cena musical independente, A Noite do Desbunde Elétrico chega à sua nona edição neste próximo sábado (8/8), no Boca da Mata, em Dois Irmãos, a partir das 20h. A novidade, em comparação às edições anteriores, é que, desta vez, o evento conta com recursos do Funcultura, principal mecanismo de fomento e difusão da produção cultural no estado. Este apoio possibilitou, pela primeira ve, que os organizadores do evento pudessem convidar nomes de fora de Pernambuco, como o lendário Edy Star, baiano ícone da música brasileira dos 70’s e ex-parceiro de música de Raul Seixas.

Além de Edy Star, que se apresenta ao lado da banda Dunas do Barato (PE), as bandas The Baggios e Estúdio Box & Azulejo, ambas do Sergipe, também estão na grade. A programação terá ainda as atrações pernambucanas Sabiá Sensível, Mabombe e Feiticeiro Julião, além do DJ Victor Zalma. Os ingressos custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia entrada), e estão à venda no eventick.

Primeiro nome confirmado no Desbunde Elétrico 9, o baiano Edy Star, hoje com 77 anos, é uma lenda viva do lado B da música brasileira, reconhecido tanto pela sonoridade peculiar como também pela performance andrógina em palco. Redescoberto nos últimos anos pelo público jovem, ele se junta à banda Dunas do Barato para um show histórico, 38 anos após sua última apresentação no Recife – realizada em 1977, no Teatro do Parque.

Para o cantor, a recordação daquela época é que “era tudo uma loucura. No mesmo período eu cheguei a viajar para outras cidades do Nordeste, mas eu gosto demais do Recife”, relembra Edy Star, que apresentará canções do antológico disco Sociedade da Grã Ordem Kavernista Apresenta: Sessão das 10 (1971), que gravou ao lado de Raul Seixas, Sérgio Sampaio e Miriam Batucada, e do seu LP solo, Sweet Edy (1974), além de algumas surpresas.

Sou o último dos quatro integrantes da Sociedade da Grã Ordem Kavernista que está vivo, então, o show é repleto de homenagens e celebrações. Mas espero, sobretudo, que o público se divirta muito. Vai ser uma apresentação tipicamente com a cara do Edy Star”, releva o cantor, que fará também um tributo a dois importantes nomes da música pernambucana.

Outras atrações

Quem também está de volta aos palcos recifenses, após cinco anos, é a banda Sabiá Sensível. O grupo fará um reencontro comemorativo no festival, reunindo novamente German Ra, Aninha Martins, Anaíra Mahin, Enio Borba, Vinícius Paes, Iezu Kaeru e Hugo Coutinho. Magaiver Profissão PerigoCapivaraJuma MarruáNarinas na calçadaEspanholaSó sei que existeQueda Punk são algumas das canções que estarão presentes no show mais que aguardado do Sabiá Sensível.

Lu Rabelo/Divulgação

Lu  Rabelo/Divulgação

Após alguns anos sem realizar shows, a banda Sabiá Sensível está de volta aos palcos no Desbunde Elétrico

Outra banda pernambucana na programação do Desbunde Elétrico é a Mabombe. A experimentação sonora livre é a tônica do trio instrumental, formado em 2009. A porta de entrada para o singular universo criado pelo grupo é o EP Udubio, álbum composto por 4 faixas, lançado em junho de 2014. No trabalho, as infindas possibilidades da subjetividade musical experimentadas pelo grupo.

Diretamente do Sergipe vem a banda The Baggios.  O som da dupla flerta com as raízes do blues até o peso do rock’n’roll, sem fugir das origens nordestinas, presente nas letras cotidianas. O resultado dessa combinação já rendeu três EPs e dois álbuns lançados. Este ano, a dupla se apresentou, recentemente, no 25º Festival de Inverno de Garanhuns, com uma apresentação incendiária no Palco Pop/Parque Euclides Dourado.

Mais uma atração pernambucana d’A Noite do Desbunde Elétrico é o Feiticeiro Julião. A persona é uma entidade musical manifestada em Júlio Castilho, que, em 2011, começou sua carreira solo, após anos tocando em bandas da cena de Recife.. Em 2014, lançou seu primeiro CD, Mácula, que congrega uma sonoridade afrojazzística associada ao rock progressivo.

Banda Desbundante

Completando o casting de atrações d’A Noite do Desbunde Elétrico 9 está a banda Estúdio Box & Azulejo, ganhadora da convocatória “Banda Desbudante”, que recebeu inscrições de todo o Brasil. Após uma seleção que resultou em dois finalistas, a banda sergipana foi eleita pelo público (através de votação na fanpage do Desbunde) para se apresentar no festival. No EP No Disco, letras com forte apelo social, em composições que tratam de temas universais e locais, filosóficos e políticos.

Divulgação

Divulgação

Estúdio Box & Azulejo

Serviço
A Noite do Desbunde Elétrico – 9ª edição
com Edy Star (BA) + Dunas do Barato (PE), Sabiá Sensível (PE), Mabombe (PE), The Baggios (SE), Feiticeiro Julião (PE) e Estúdio Box & Azulejo (SE)

Sábado (8/8), às 20h
Boca da Mata | Estrada do Passarinho, nº 78, Dois Irmãos – Recife/PE
R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia entrada)
Ingressos à venda no eventick 

< voltar para home