Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Grupo Cláudio Lacerda Dança Amorfa apresenta o espetáculo “Inverso Concreto” no YouTube

Rogério Alves/Divulgação

Rogério Alves/Divulgação

O espetáculo conta com a participação de bailarinos do curso de Dança da UFPE

O Grupo Cláudio Lacerda Dança Amorfa transmite ao vivo pelo YouTube, nos próximos dias 5 e 12 de dezembro, a partir das 20h, o espetáculo “Inverso Concreto”, no YouTube (www.youtube.com/channel/UCwZ17-W1ENEDxCWPfS4rbrQ). Com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura, a montagem conta com duas versões distintas, que serão lançadas com debates mediados por estudantes do curso de Dança da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

O novo espetáculo de dança do grupo pernambucano, que é dirigido por Cláudio Lacerda (coreógrafo, bailarino, pesquisador e professor do Departamento de Artes da UFPE) e formado pelos bailarinos Jefferson Figueirêdo, Juliana Siqueira e Stefany Ribeiro, inspira-se e é estimulado a partir dos projetos da arquiteta iraquiana-britânica Zaha Hadid. É através de suas obras radicais, ora cheias de curvas, ora com arestas pronunciadas convergentes e divergentes, com grandes espaços vazados e dissoluções entre verticalidade e horizontalidade, que os bailarinos permitem-se ter uma maior fluidez na movimentação e descobrir novos modos de relacionamento e de desestabilização e estabilização. Lacerda diz que já na pesquisa, vários fluxos foram ativados. “A intenção nunca foi “traduzir” a arquitetura de Hadid para a dança, mas sim, trabalhar através do devaneio e da imaginação corporal, espacial e de movimento que a obra dela nos proporcionou”, diz o diretor.

Diferente dos desdobramentos anteriores – o espetáculo “Transiterrifluxório” e a videodança “Transiterrifluxório REC”, que foram propostos para fora da caixa cênica, explorando os diversos ambientes de um determinado prédio ou área, “Inverso Concreto” é proposto para o palco cênico. “É uma proposta que nos permite explorar a plasticidade do material de dança criado, no qual os movimentos são resultados de seus inversos e constituem novas concretudes e possibilidades de existência, e diferentes ordenamentos a cada apresentação. Em cada nova estrutura, novas significações tendem a aflorar”, aponta Lacerda, reforçando o quanto essa liberdade em não ter uma única linearidade na estrutura é interessante para gerar diferentes significações aos espectadores.

Atuando sinestesicamente com a dança, a cenografia de Renata Gamelo, as projeções de imagens de obras de Hadid (registradas in loco por Cláudio Lacerda), a iluminação de Luciana Raposo e as sonoridades concebidas por Cláudio Lacerda e editadas por João Vasconcelos oferecem diferentes camadas de texturas sensoriais para a fruição pelo espectador, que será único em construir seus próprios sentidos para o espetáculo.

Serviço
Espetáculo “Inverso Concreto”
Quando: 5 e 12 de dezembro (domingos), às 20h
Transmissão ao vivo pelo canal: www.youtube.com/channel/UCwZ17-W1ENEDxCWPfS4rbrQ

< voltar para home