Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Helder Vasconcelos estreia “Eu Sou” no Teatro de Santa Isabel

Público conhece os novos espetáculo e CD do artista pernambucano nesta quinta-feira (25)

O multiartista pernambucano Helder Vasconcelos apresenta o espetáculo Eu Sou nesta quinta-feira (25), às 20h, no Teatro de Santa Isabel, no Recife. A programação faz parte do 24º Festival Janeiro de Grandes Espetáculos, evento incentivado pelo Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura.

Ricardo Moura

Ricardo Moura

Helder Vasconcelos completa uma trilogia de espetáculos solo

O trabalho solo completa uma trilogia criada por Helder, composta também por Espiral Brinquedo Meu (2004, teatro) e Por Si Só (2007, dança). O espetáculo marca o retorno do artista ao circuito musical, mas em diálogo com as artes cênicas. A direção é do músico-ator natalense Marco França e traz músicas de Sambador, primeiro CD do artista. Em cena, Helder faz uso de instrumentos de percussão, fole de 8 baixos, voz e instrumentos digitais que são ao mesmo tempo de música e dança, criados em parceria com os produtores tecnológicos João Tragtenberg e Filipe Calegário. Com letras e músicas compostas por Helder, o disco tem como principais parceiros Marco França e Johann Brehmer, que assinam com ele a produção musical e dividem os arranjos e execução das músicas. O CD – que foi viabilizado por uma campanha de financiamento coletivo – conta ainda com participação especial de Renata Rosa na voz, Junior Areia no baixo acústico e Laura Tamiana e Poliana Savegnago no coro.

“São muitas as possibilidades de se falar de amor. Meu ponto de partida foi a compreensão de que a vida é um ato de amor. E tudo que acontece é por amor. E é para aprofundarmos essa compreensão que nos encontramos. E só podemos nos encontrar se cada um de nós se encontrar consigo mesmo. O amor é esse campo que nos torna um quando nos encontramos. Criar é pra mim um jeito de buscar esse encontro. O desafio maior deste projeto foi querer com ele voltar ao contexto (circuito musical) da música, que tem uma forma muito consolidada de funcionar. A pergunta-chave era como fazer algo que fosse um espetáculo cênico e que também atendesse às expectativas de quem saísse de casa pra ver um show de música”, comenta Helder.

Formado nas tradições do Cavalo Marinho e do Maracatu Rural, manifestações populares da Zona da Mata de Pernambuco, Helder foi um dos criadores do grupo musical Mestre Ambrósio, uma das referências do movimento Mangue Beat, com quem atuou por 11 anos. Em carreira solo desde 2004, criou 3 espetáculos. Participou de festivais de dança, teatro e música no Brasil, Europa, Estados Unidos e Japão e desenvolve um trabalho de formação, por meio de oficinas, desde 1998. Dirige e atua no grupo Boi Marinho, que participa do carnaval pernambucano há 17 anos. No cinema, atuou nos longa-metragens O Homem que Desafiou o Diabo, A Luneta do Tempo e Entre Irmãs.

SERVIÇO

ESTREIA – espetáculo Eu Sou
Local: Teatro de Santa Isabel (praça da República, s/n – Santo Antônio – Telefone: 81.3355.3323
Data/Hora: quinta-feira (25), às 20h
Preço: R$ 40 e R$ 20 (meia)
Vendas: site do Janeiro de Grandes Espetáculos

 

 

< voltar para home