Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

História dos coletivos de arte do Recife é tema de palestra na Maumau

Com incentivo do Funcultura, o evento faz parte da programação do Dobradiça - 1º Encontro do Circuito Independente de Artes Visuais do Recife

Divulgação

Divulgação

Joana D’Arc Lima comandará a palestra na Mamau

A professora e pesquisadora Joana D’Arc de Souza Lima apresenta, nesta quarta (20), às 19h, a palestra gratuita “A história da auto-organização no campo da arte em Recife”, na Galeria Maumau, no bairro do Espinheiro. O encontro faz parte da programação do Dobradiça – 1º Encontro do Circuito Independente de Artes Visuais do Recife, que conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura. As inscrições podem ser feitas por meio do link: linktr.ee/maumaugaleria. A programação segue até o domingo (24).

O Dobradiça visa dar visibilidade às iniciativas auto-organizadas de artistas, curadores, pesquisadores, críticos, educadores, dentre outros agentes da arte. “O nome Dobradiça é muito instigante, no sentido metafórico, pois nos faz lembrar de uma engrenagem que permite o movimentar de estruturas fixas”, compara Joana D’Arc.

Para ela, o projeto estimula e cria a possibilidade de diálogos a partir do Nordeste. “É uma inversão da geografia das artes visuais, que sempre tenta se impor a partir do Sudeste para o resto do País, por conta do capital financeiro que circula nesses espaços, da produção de crítica de arte, da quantidade de galerias e das feiras de arte”, reflete.

Na palestra, a professora adjunta do Instituto de Humanidades da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasil vai falar sobre conteúdos de suas pesquisas de mestrado, doutorado e pós-doc. Além de estudos atuais, referentes à organização de coletivos ou de agenciamento de artistas no campo artístico

A pesquisadora vai apresentar o resultado de investigações voltadas para as muitas iniciativas, auto-organizadas por artistas na Região Metropolitana do Recife ao longo dos séculos 20 e 21. “É importante que a gente estude a história, que ela passe a ter uma importância para nós, em nossas vidas. O passado deve ser ativado a partir das questões do nosso presente”.

Serviço
Dobradiça – 1º Encontro do Circuito Independente de Artes Visuais do Recife
“A história da auto-organização no campo da arte em Recife”, com Joana D’Arc de Souza Lima
Quando: Quarta, 20 de outubro, às 19h.
Onde: Galeria Maumau, Rua Nicarágua, 173 – Espinheiro.
Inscrições pelo link: linktr.ee/maumaugaleria

< voltar para home