Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Inscrições abertas para o Curso de Filosofia Contemporânea da Arte

Com incentivo do Funcultura, encontros dos primeiros módulos serão realizados no Museu do Estado de Pernambuco

Divulgação

Divulgação

O Mepe funciona na av. Rui Barbosa, número 960, no bairro das Graças, Zona Norte do Recife

Estão abertas as inscrições para o Curso de Filosofia Contemporânea da Arte, que será ministrado por Filipe Campello no Museu do Estado de Pernambuco. As aulas oferecem um panorama sobre algumas das principais questões do atual debate na filosofia da arte, conjugando exemplos e interpretações sobre a arte na discussão contemporânea. Os encontros são gratuitos e voltados para estudantes e interessados em arte e filosofia de maneira geral.

Com incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura, o curso apresenta os principais temas encontrados no atual debate filosófico sobre a arte, problematizando a própria questão do que é a arte e seu papel nos dias atuais, bem como ampliar a reflexão sobre a dimensão estética para além da arte.

O curso será gratuito e para participar será necessário preencher o formulário e enviar o currículo/Portfólio para o contato@3emeio.com.br

Nos módulos I e II serão realizadas as aulas expositivas. Serão nove encontros, das 12h às 18h, começando a partir do 17 de julho e seguindo nos dias 18, 19, 20, 21, 24, 25 e 26 do mesmo mês. Já o módulo III conta com atividades complementares e preparação de trabalhos em grupo nos dias 27, 28 e 29, na Caixa Cultural. Por fim, o módulo IV será o momento da apresentação dos trabalhos e debates com convidados, nos dias 2, 3 e 4 de agosto.

O material didático conta com aulas expositivas a partir de apresentação digital, apostilas com textos, links e bibliografia referentes ao conteúdo do curso. Para enriquecer o debate e as exposições, serão convidados também profissionais ligados a arte, proporcionando um diálogo entre reflexão teórica e a produção artística.

Confira o conteúdo dos módulos do curso de Filosofia Contemporânea da Arte:

Módulo I – Estética e conceito:
- Quais as atuais questões filosóficas acerca da arte?
- Arte moderna e arte contemporânea – do papel mimético à pergunta da arte pela arte
- A reformulação da pergunta pelo sentido da arte
- “O mundo da arte”
- Racionalização e conceitualização da arte
- Pós-história
- A arte após o fim da arte
- Limites do estético

Módulo II – Arte e sociedade:
- A Indústria cultural
- A tese adorniana da “desartificação” da arte
- Controvérisas sobre a formação do gosto
- “A partilha do sensível”
- Estética e política
- Lugar da arte no espaço público

Bibliografia complementar:
Adorno, T.W. Teoria Estética. Lisboa: edições 70. 1982.
____. Filosofia da nova música. Tradução brasileira de Magda  França, São Paulo, Ed. Perspectiva, 1989.
Agamben, Giorgio. O que é o contemporâneo? e outros ensaios. Santa Catarina: Argos, 2009. ________.  O homem sem conteúdo. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.
Benjamin, Walter. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. Tradução brasileira de Sérgio Paulo Rouanet, São Paulo, Editora Brasiliense, 1984.
Bernstein, J. M. Introduction. In: Adorno, Theodor. The Culture Industry. New York: Routledge, Bürger, Peter. Teoria da vanguarda. São Paulo: Cosac Naify, 2012.
Carroll, Noel. Filosofia da arte. Lisboa: Texto & Grafia, 2010.
Cauquelin, Anne. Arte contemporânea: uma introdução. São Paulo: Editora Martins, 2005.
Coutinho, Evaldo. A imagem autônoma. Ensaios de teoria do cinema. Rio de Janeiro: Perspectiva, 1996. Danto, Arthur. Transfiguração do lugar-comum. Uma filosofia da arte. São Paulo:  Cosac & Naify, 2005.
. Após o fim da arte. A arte contemporânea e os limites da história. São Paulo: Odysseus Editora, 2006.
Didi-Huberman, Georges. O que vemos, o que nos olha. São Paulo: Editora 34, 1998.
Duarte, Rodrigo. Indústria cultural 2.0. Constelaciones – Revista de teoria crítica. Número 3, dezembro 2011, pp. 90-117.
Greenberg, Clement. Estética doméstica. São Paulo: Cosac Naify, 2013.
Habermas, Jürgen. Modernidade – Um projeto inacabado. In: Arantes, Paulo Eduardo & Arantes, Otília Beatriz Fiori. Um Ponto Cego no Projeto Estético de Jürgen Habermas: Arquitetura e Dimensão Estética depois das vanguardas, São Paulo, Brasiliense, 1992.
Heidegger, Martin. A origem da obra de arte. Lisboa: 70, 1977.
Menke, Christoph. The Sovereignty of Art. Aesthetic Negativity in Adorno and Derrida . Cambridge, MA: MIT Press, 1999.
Rancière, Jaques. O inconsciente estético. São Paulo: 34, 2009.
Regnault, François. Em torno do vazio: a arte à luz da psicanálise. Rio de Janeiro: Contra capa, 2001.
Warburton, Nigel. The Art Question, Routledge, 2003.

< voltar para home