Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Johsi Guimarães se despe em “Roupa de Baixo”

Primeiro álbum da musicista traz um punhado de canções permeadas de sentimentos diversos. Ela lança o disco nesta quarta (29), no Teatro Capiba

Divulgação

por Leonardo Vila Nova

Escrever poesia, criar canções e cantá-las são atos de pleno desnudamento. A musicista Johsi Guimarães se entrega a cada um deles de forma delicada e ao mesmo tempo densa. De puros sentimentos, desvelados através de suas composições e de sua voz, é composto Roupa de Baixo, seu primeiro CD solo, que ela lança nesta quarta (29), a partir das 20h, com show no Teatro Capiba (SESC Casa Amarela), com entrada gratuita. O disco – que tem incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura – já está disponível para streaming no seu soundcloud e também para download na sua home page.

Roupa de Baixo traz 11 faixas nas quais Johsi se lança na vastidão de seus sentimentos mais íntimos. As tais “roupas de baixo”, que escondem o mais profundo de nós por sob os panos. É um coração cerzido num tecido, pela própria artista, que ilustra a capa do disco, símbolo dessa sensibilidade que permeia a obra. Johsi assina 10 canções do disco, o que confere um ar ainda mais confessional ao trabalho. Nas letras, poesia que decanta – a cada faixa – o ser sensível e seu olhar particular sobre o mundo que lhe circunda. “São subjetividades e um olhar íntimo e externo. São essas vivências que levo pra criação e que viram música. Medos, dores, angústias, alegrias e denúncias”, conta a artista.

Reprodução

Desde muito jovem, a pernambucana (nascida em Pedra, no Agreste, e com criação em Arcoverde, no Sertão) se entusiasmara pelo universo musical e pelo mundo da poesia. Em São Paulo (SP), começou, então, a estudar violoncelo e a criar suas composições a partir de fragmentos de ideias que reunia. De uma seleção de pouco mais de 20 canções para este álbum (coisas que datam de, aproximadamente, seis anos pra cá), até chegar às 11 que, finalmente, compõem Roupa de Baixo. E o principal desafio, agora, era cantar. “Nunca cantei antes, tenho muita dificuldade em decorar letras das canções de quem gosto de ouvir até…Esse processo de vir a cantar é como uma necessidade, uma sede, uma fome…”, confessa. E eis que se encorajou e resolveu dar voz (a sua própria) à colcha de retalhos musicais que se desenhava em sua cabeça.

Uma colcha de retalhos vasta e diversa que caracteriza bem a sonoridade de Roupa de Baixo. Empunhando o seu violoncelo, Johsi faz emergir um mosaico sonoro, a partir do diálogo entre estilos diversos, como sambas, frevos quebrados, rock progressivo, música rural ou flamenco. Elementos orgânicos e eletrônicos dialogam entre si para dar conta das referências diversas que desembocam no disco. Para compor, junto a ela, tecituras tão distintas, Johsi se cercou de diversos convidados, como Juliano Holanda, Huggo Linns, Alessandra Leão, Yuri Queiroga, DJ Dolores, Jam da Silva, além de Rudá, seu filho de 8 anos. “Assim foi cada música com sua cor, sua característica. Um disco que foi construído com muito afeto, envolvimento e muita vontade de que dê certo. Sou muito grata a todos que me ajudaram com sua criatividade a tornar esse sonho possível”, pontua.

No lançamento de Roupa de Baixo, Johsi Guimarães sobe ao palco do Teatro Capiba acompanhada dos músicos Rodrigo Samico (violão), Rogério Samico (guitarras), Val Janie (cello) e Carlos Amarelo (percussão).

SERVIÇO
Lançamento do CD Roupa de Baixo, de Johsi Guimarães
Quarta (29), às 20h
Teatro Capiba (SESC Capiba) | Avenida Norte, 4922, Casa Amarela – Recife/PE
Entrada gratuita

Confira algumas das faixas de Roupa de Baixo

< voltar para home