Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Lia Luambo e Gustavo Bettini lançam o livro “Entremeios” no Cais do Sertão

Com incentivo do Funcultura, a publicação traz imagens noturnas do sertão pernambucano. O lançamento ocorrerá no sábado (28), às 15h

Divulgação

Divulgação

Livro apresenta imagens registradas em várias cidades do sertão pernambucano

Os fotógrafos Lia Lubambo e Gustavo Bettini promovem, sábado (28), a partir das 15h, o lançamento do livro Entremeios, no Cais do Sertão. A publicação, que conta com incentivo do Funcultura, apresenta imagens registradas pelos idealizadores do projeto que, durante dois anos, se dedicaram a viajar por cidades do sertão pernambucano, experimentando a captura das imagens por meio da técnica de longa exposição, sob a luz natural da lua e das estrelas. Na ocasião, além dos autores, participam de um bate-papo sobre a obra, o fotógrafo Fred Jordão e o historiador, coordenador do curso de Museologia da UFPE, Francisco Sá Barreto.

Lia e Bettini mergulharam neste universo, viveram um tempo diferente, inclusive tecnicamente, chegando até uma hora de câmera exposta para capturar cada imagem e compartilhar esta experiência, que diz muito desse jeito tão sertanejo, que tem tanta certeza da ausência da chuva que deixa a mesa de sinuca ao ar livre na calçada, que faz homenagem às suas crenças e à família na parede mais importante da sala, que preserva com orgulho seus costumes, tradições, e que reverencia o tempo, os medos, e a sua natureza.

Viagem, bagagem, câmeras, tripés, controles, lanternas, viradas de noite, café, água, equipamentos de segurança, perneira para evitar mordida de cobras, facão… pé na estrada… 250 km para chegar na porta de entrada sertaneja, Arcoverde, a primeira cidade do universo genuíno, intocável, e enorme que é o Sertão. Uma grandiosidade que se manifesta em distância, em generosidade, em humildade dos seus habitantes. Foram povoados, distritos, cidades e sítios percorridos. Cerca de 6.500 Km, em muitos casos de devastidão, com muitas horas de viagem entre um vilarejo e outro. Eles abraçaram o sertão, e foram abraçados por ele, em cada ‘guia’ que voluntariamente se prontificou a ajudar nesta jornada, em cada simples experiência vivida. A ideia era trabalhar com fotos noturnas. Planejaram a execução, as particularidades dos locais, as técnicas para realização do trabalho à noite, testaram e construíram um olhar conjunto, desconvencionado.

No livro, há textos do professor, historiador, com doutorado em sociologia, coordenador do curso de Museologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Francisco Sá Barreto, e da jornalista Simonetta Persichetti, mestre em Comunicação e Artes pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e doutora em Psicologia Social pela PUC (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), considerada em 2010 a melhor crítica fotográfica do Brasil.

Histórico
Lia e Bettini se conheceram quando ainda trabalhavam em jornais de circulação local, e anos depois se reencontraram profissionalmente para montar a Agência Lusco de Fotografia, da qual são sócios hoje. O projeto Entremeios nasceu do desejo de mostrar um sertão diferente do que estavam habituados a retratar em pautas jornalísticas, com sol e seca como principal inspiração estética.

Entremeios virou exposição na Arte Plural Galeria, no Recife, com curadoria da jornalista e especialista em fotografia Simonetta Persichetti, e recebeu recursos do Fundo de Incentivo à Cultura – Funcultura, do Governo do Estado de Pernambuco – Secretaria de Cultura, para ganhar versão impressa.

Serviço
Lançamento do livro Entremeios, de Lia Luambo e Gustavo Bettini
Quando: sábado (28), às 15h
Onde: Museu Cais do Sertão -  Av. Alfredo Lisboa, S/N – Recife, PE.
Acesso gratuito

< voltar para home