Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Livro “contidonãocontido” discute a aquisição de obras do Mamam

Com o título “contidonãocontido”, publicação problematiza o acervo do Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães.

divulga3

O Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam) acolhe, nesta quinta-feira (18), às 19h, o lançamento do livro “contidonãocontido”, que aborda a história, a forma e a legitimidade da aquisição de obras que compõe o acervo do museu. A publicação encerra a terceira etapa do projeto, de mesmo nome, com curadoria de Maria do Carmo Nino, Clarissa Diniz e do educativo do Mamam. O projeto que tem incentivo do Funcultura, Governo de Pernambuco, possibilitou pela primeira vez a participação do educativo do museu como curador de uma mostra sobre a política de aquisição do acervo do Mamam.

Na ocasião, será realizada uma roda de debate sobre os temas dos artigos escritos no livro, comentados por Maria do Carmo Nino, Cayo Honorato, Beth da Matta e Rebeka Monita, coordenadora editorial do projeto e integrante da equipe educativa do museu na época da exposição. O evento ainda contará com a doação gratuita da publicação aos presentes como forma de difundir as ideias discutidas e ascender a atenção para outras oportunidades de diálogo e criação relacionadas ao acervo do museu.

O livro discute a forma e legitimidade da aquisição de obras que fazem parte do museu, bem como demais questões que se situam no entorno do seu acervo, como a representatividade de artistas locais, a presença de artistas nacionais, mediação entre acervo e público; desde tempos que antecedem o  Mamam, quando a instituição era denominada“Galeria de Arte Metropolitana do Recife”.

O projeto “contidonãocontido” foi marcado por três etapas: a primeira, pesquisa; e a segunda, uma exposição e agora encerra com o lançamento do livro. Antes do Recife, a publicação também foi lançada nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo.

Serviço:
Lançamento do livro “contidonãocontido”
Quinta-feira (18/06), às 19h
Local: Museu de Arte Moderna Aluísio Magalhães – Mamam (Rua da Aurora, 265 – Boa Vista, Recife) . Telefone: (81) 3355-6870

< voltar para home