Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Longas pernambucanos são atrações do fim de semana

Prometo um dia deixar essa cidade, A História da Eternidade e Sangue Azul são exibidos nesta sexta-feira (31), sábado (01/11) e domingo (02/11).

A 7ª edição do festival Janela Internacional de Cinema do Recife está chegando  na reta final. Até domingo (02/11), o festival apresenta três longa-metragens em primeira mão para o público pernambucano. O filme “Prometo um dia deixar essa cidade”, segundo longa de Daniel Aragão, é a atração desta sexta-feira (31), às 20h30, no Cinema São Luiz, dentro da mostra competitiva de longas-metragens. “A História da Eternidade”, primeiro longa de Camilo Cavalcante, é exibido no sábado (01/11), às 20h15, no Cinema São Luiz, em sessão especial. O domingo (02/11), último dia do festival, conta com “Sangue Azul”, novo longa do veterano Lírio Ferreira, na sessão de encerramento, no Cinema São Luiz, às 20h. Assista aos trailers, teasers e sinopses dos filmes abaixo.

Os três filmes tiverem incentivo do Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura. Os longas fazem parte da recente produção audiovisual brasileira e têm se destacado em festivais nacionais e internacionais. O festival Janela Internacional de Cinema é realizado pela CinemaScópio Produções, com incentivo do governo estadual e patrocínio da Petrobrás. Confira a programação completa do festival AQUI.

“A História da Eternidade” ganhou cinco prêmios no Festival de Paulínia: os Troféus Menina de Ouro de Melhor Filme, Diretor, Ator (Irandhir Santos) e Atriz (dividido Marcélia Cartaxo, Zezita Matos e Debora Ingrid) e o Prêmio da Crítica (Júri Abraccine).

Também em Paulínia, “Sangue Azul” foi consagrado com os Troféus de Melhor Fotografia (Mauro Pinheiro Jr) e Figurino (Juliana Prysthon). No Festival do Rio, o quinto longa de Lírio Ferreira foi o grande vencedor, recebendo o Troféu Redentor, prêmio oficial da Première Brasil, nas categorias Melhor Longa de Ficção, Melhor Diretor de Ficção e Melhor Ator Coadjuvante (para Rômulo Braga).

“Prometo um dia deixar essa cidade“, de Daniel Aragão, também saiu premiado no Festival do Rio, ganhou o prêmio de Melhor atriz para Bianca Joy Porte.

Prometo um dia deixar essa cidade, de Daniel Aragão
Brasil, PE, 2014, 90′, cor, DCP
Censura:16 anos
Sinopse: Joli retorna para casa após passar um longo período numa clínica de reabilitação. Seu pai, Antônio, um famoso político da cidade, está bastante preocupado com sua conduta e reinserção na sociedade. Este é o momento no qual pai e filha tentam reatar os laços partidos da relação. Atuações corajosas tanto da atriz como do realizador numa obra aparentemente aditivada por drogas legais do tipo que se compra em farmácias.
Cinema São Luiz, 31/10 às 20h30.

A História da Eternidade, de Camilo Cavalcante
Brasil (PE), 2014, 120′, cor, DCP
Censura: 14 anos
Sinopse: Em um pequeno vilarejo no Sertão, três histórias de amor e desejo revolucionam a paisagem afetiva de seus moradores. Personagens de um mundo romanesco, no qual suas concepções da vida estão limitadas, de um lado pelos instintos humanos, do outro por um destino cego e fatalista.
Cinema São Luiz, 01/11 às 20h15.

Teaser Sangue Azul from Mostra Grátis Cine on Vimeo.

Sangue Azul, de Lírio Ferreira
Brasil, PE, 2014, 114′, Cor, DCP
Censura: 16 anos
Sinopse: Há 20 anos, numa ilha vulcânica e paradisíaca, um menino de 10 anos foi separado de sua irmã. A mãe, temerosa que uma atração incestuosa se desenvolvesse entre os dois, mandou seu filho para o continente com Kaleb, o ilusionista do Circo Netuno, que estava passando pela ilha. Lirio Ferreira (Baile Perfumado, Arido Movie, Cartola, O Homem Que Engarrafava Nuvens) sugere o estado de espírito de uma ilha, e essa linda claustrofobia traduz-se em afeto, tesão e numa sensação rara de tempo recuperado.
Cinema São Luiz, 02/11 às 20h.

SERVIÇO
7º Janela Internacional de Cinema do Recife
De 24 de outubro a 2 de novembro
LocaIS: Cinema São Luiz (Rua da Aurora, 175 – Boa Vista), Cinema da Fundação (Rua Henrique Dias 609 – Derby), Museu Cais do Sertão (Av. Alfredo Lisboa, S/N – Bairro do Recife) e Portomídia (Rua do Apolo, 181 – Bairro do Recife)
Valor dos ingressos:  Cinema São Luiz (R$ 4 e R$ 2); Cinema da Fundação (R$ 4 e R$ 2); Museu Cais do Sertão (R$ 8 e R$ 4, exceto na terça-feira, que terá entrada gratuita). Sessão de curtas: R$ 1.
Informações: www.janeladecinema.com.br

< voltar para home