Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Lulu Araújo lança clipe da canção “Lululoops”

Percussionista e arte-educadora Lulu Araújo, mais conhecida pelo público como Fada Magrinha, lança nesta quinta-feira (11), no YouTube, o clipe da canção “Lululoops”. Incentivado pelo Governo do Estado de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura, o single integra um disco de dez faixas que será lançado pela artista em janeiro de 2022, marcado por uma mistura de experimentações eletrônicas e ritmos pernambucanos.

“A ideia é mergulhar nos sons, despertar os sentidos e sacudir o corpo”, explica Lulu, que tocou com grandes mestres, como Naná Vasconcelos e Alceu Valença e, desde 2006, tem como foco o público infantil, com quem atua também em sala de aula.

“Mais do que a vontade de mudar as características sonoras do meu trabalho, inserindo novos beats e batidas e adicionando o eletrônico nisso tudo, o “Lululoops” é a possibilidade de me lançar em novas aventuras musicais, novos timbres e experimentações, num território até então nunca visitado. É olhar para um mundo diferente do meu e tentar me conectar com ele por meio da curiosidade e diversão. É sair da minha zona de conforto e me abrir para um novo mundo, sem deixar de levar na bagagem minhas verdades e paixões, como os ritmos pernambucanos, que tanto amo, mas adicionando nisso tudo um sotaque mais universal e experimental”, explica.

LULULOOPS - Música tema e autoral, a canção foi a escolhida para apresentar esse novo momento da artista ao público. A letra brinca com os sons de forma aleatória e traz na base eletrônica uma batida de brega funk conhecida como o Passinho Pernambucano, somado com uma certa influência do afoxé, coco e samba.

O clipe se inspira nos clássicos pops, com moda, beleza, performance e um toque de animação. Gravado em estúdio e captado com câmeras 4k, estará disponível no Youtube da artista.

ÁLBUM - O disco Lululoops será lançado em janeiro de 2022, com 10 faixas e terá músicas autorais e regravações, como “Salve a Humanidade” de Tom Zé, “Forró do Antero” de Naná Vasconcelos e “How Beautiful” de Moreno Veloso. Das autorais, destacam-se “Um dia perfeito”, primeira parceria com sua filha Fernanda, de 11 anos, e “Sentidos”, música que traz os cinco sentidos como super poderes da vida real, em parceria com Mariana D’Oliveira.

Para trazer ao álbum um efeito de mosaico sonoro, apresentando uma sonoridade diferente a cada música, e ampliando o caminho em várias possibilidades, o projeto conta com produtores de várias escolas e de diferentes estilos musicais, indo do Dj Marley, um dos responsáveis pelo sucesso do Brega Funk, conhecido também como o Passinho Pernambucano, passando pelas bandas pernambucanas, Diversitrônica e Estesia, pelos produtores Ricardo Fraga, baterista e produtor musical recifense e por Pedro Itan, músico e produtor baiano até o renomado produtor e músico Kassin. Participa ainda do álbum, o percussionista Gilu Amaral, que fez todas as percussões e arranjos percussivos. A produção e direção musical é assinada por Missionário José, Doutor em Música pela USP, produtor fonográfico, músico, integrante do grupo Mombojó e professor.

“Uma questão muito importante pra mim sempre foi fazer música com temas do cotidiano das crianças, sem subestimar a inteligência delas, nem infantilizar arranjos e letras. Nesse projeto me sinto mais livre leve e solta para embarcar na música sem rótulos. O Lululoops é essa mistura doida, divertida e dançante, com músicas que, por exemplo, não trazem letras especificas e sim vocalizes e sons aleatórios, e, ao mesmo tempo, músicas com temáticas importantes e reflexivas”, diz Lulu sobre a proposta do disco.

< voltar para home