Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Mestre Santino lança novo CD em Caruaru

Caruaru será a primeira a receber, no próximo sábado (02/04), show de circulação de lançamento de CD do mais antigo mestre cirandeiro de Pernambuco

Caruaru será a primeira a receber o show de circulação de lançamento do CD do mestre Santino

Levando a expressão cultural da Zona da Mata para a Capital do Agreste, o mais antigo cirandeiro em atividade, Mestre Santino, lança seu mais novo CD no próximo dia 2 de abril (sábado), ao meio-dia, no Espaço Gastronômico da Feira de Caruaru dando início ao projeto de circulação estadual do projeto “Mestre Santino Cirandeiro e Encontro de Gerações”. O show será gratuito e contará com a participação da nova geração da Ciranda, composta por Mestre Anderson Miguel e Mestre Bi.

Destaques na zona da mata do nosso estado, os cirandeiros prometem animar o público que passar pelo local e colocar todos para dançar e cantar, exaltando a riqueza cultura de Pernambuco. “A ciranda é de valor incomensurável, não só por fazer parte das tradições culturais do nosso estado, como também por ter sido reconhecida como Patrimônio Imaterial do Brasil, despontando no cenário nacional. É uma dança circular, que representa a união, através do ato de ser feita sempre de mãos dadas”, explica o produtor da Terno da Mata, responsável pela gravação do mais recente álbum do grupo, Sérgio Melo.

Além da apresentação em Caruaru, outras duas apresentações já estão agendadas para o mês de abril e maio, respectivamente. A primeira acontece no dia 9 de abril, em Nazaré da Mata, e a segunda está prevista para o dia 10 de maio, conhecido como o Dia Estadual da Ciranda, no Pátio de São Pedro, no Recife – contando ainda com a participação do Coletivo Cirandeiro de Pernambuco, com mestre Zeca Cirandeiro de Paudalho, Cirando do Amaro Branco de Olinda e Ciranda Imperial do Recife. Os shows são possíveis devido ao projeto de circulação estadual do 2º CD Mestre Santino Cirandeiro e Encontro de Gerações incentivado pelo Funcultura.

O projeto de circulação celebra as primeiras apresentações ao vivo do seu mais recente trabalho, o CD intitulado “Santino Cirandeiro e Encontro de Gerações”, que havia sido paralisado devido a pandemia. Com produção da Terno da Mata, o projeto tem como objetivo principal exaltar a ciranda. “O talento não é exclusivo de uma geração. A ciranda também não. Faz parte de todas e cada uma oferece suas belezas. Ciranda é arte de mãos dadas, de encontros e de união, principalmente em Pernambuco, por isso essa reunião de gerações”, pontua Melo. O produtor reforça ainda que o álbum é o segundo da carreira do Mestre Santino Cirandeiro, ambos incentivados pelo Funcultura, e que todos os músicos que o compõe tem ligação direta com os mais variados tipos de expressão cultural da zona da mata, como o maracatu rural, cavalo marinho, coco de roda e muitos outros.

Mestre Santino
Morando atualmente em Nazaré da Mata, Santino Justino de Souza faz parte de uma geração de nomes como, Mestre Baracho, João Limoeiro e Zé Galdino. Dos seus 81 anos de vida, completados em novembro do ano passado, 64 anos foram dedicados à Ciranda. Deu início a sua vida profissional nos engenhos de Nazaré da Mata e adjacências, como trabalhador rural. Foi assim que mergulhou no universo da cultura local, tornando-se um artista popular e um dos mais conhecidos cirandeiros da Mata Norte. No currículo, além de apresentações fora do Brasil, mais três trabalhos gravados. Em 2020 teve sua história e making off da gravação do CD registrada no documentário “Quem não conhece Santino… encontro de gerações.”, dirigido por Nilton Pereira.

< voltar para home