Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Diversidade é a marca da Mostra Brasileira de Dança

Evento conta com espetáculos, mostra de coreografias, seminários, exposições e exibição de vídeodança.

Wagner Carvalho

Wagner Carvalho

Em “Aquarelas”, Cia. de Dança Carlinhos de Jesus mostra variações do samba, lambada, forró e até frevo.

Balé clássico, dança contemporânea, dança popular, dança de salão, dança de rua e dança árabe, todas as vertentes da arte do corpo em movimento cabem na Mostra Brasileira de Dança. O evento chega a sua 11ª edição com 32 atrações, a partir desta sexta-feira (1º de agosto). Os ingressos variam de R$ 3 a R$ 20.  Este ano, o evento homenageia Mônica Japiassú, paulistana que radicou-se no Recife há mais de trinta anos e tornou-se uma das mestras da dança local. A mostra é realizada pelos produtores Iris Macedo e Paulo de Castro e conta com o incentivo do Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura, e patrocínio dos Correios, Governo Federal, programa O Boticário na Dança e Prefeitura do Recife. Confira a programação completa no site www.mostrabrasileiradedanca.com.br

A programação segue até 10 de agosto com espetáculos e mostra de coreografias, além de seminários, exposições e exibição de vídeodança. Nesta edição, além de convidados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Bahia e Rio Grande do Norte, a MBD integra a Rede Nordeste de Dança (RENDA), com uma série de atrações pernambucanas, entre profissionais, amadores e escolas de dança.

Outra novidade desta edição é o Projeto “Por Dentro do Palco”, que possibilitará visitações aos teatros de Santa Isabel, Marco Camarotti e Luiz Mendonça, para grupos de até 15 pessoas. O grupo irá conhecer a história dos teatros e como eles funcionam, podendo assistir a ensaio de atrações da programação. Para participar o interessado deve ser maior de 14 anos e inscrever-se através do e-mail participe@mostrabrasileiradedanca.com.br.

Keren Chernizon

Keren Chernizon

Exposição “Beleza em Movimento” reúne fotografias.

Também foram programadas duas exposições. “Beleza em Movimento”, do programa O Boticário na Dança, traz uma seleção de imagens da fotógrafa brasileira Keren Chernizon com foco na relação apaixonada entre corpo e espaço. A exposição ocupa o Teatro de Santa Isabel a partir desta sexta-feira e, em seguida, o Teatro Luiz Mendonça, no Parque Dona Lindu. Já a exposição “RecorDança 10 anos: Construir, Sentir e Olhar a Dança” estará em cartaz no Centro Cultural Correios, com vídeos, fotografias, programas de espetáculos, cenografias e figurinos sobre a história da dança pernambucana.

Ainda na programação, seminários que discutem o fazer artístico e político na Dança. De 04 a 06 de agosto, pesquisadores, professores, gestores culturais e artistas de diferentes lugares do país vão trazer reflexões sobre três eixos de discussão que pretendem potencializar a visão sobre o corpo político e o corpo artístico que vem sendo produzido pela Dança no Brasil.

Na Livraria Cultura, a mesa-redonda “Políticas Culturais Para a Dança” vai reunir gestores culturais da iniciativa pública e privada numa discussão sobre os caminhos de financiamento e produção em dança no país. Na Caixa Cultural Recife, a mesa “Corpo Diferenciado” pretende refletir sobre a participação de artistas com corpos diferenciados na cena. Já “Performatividade na Dança”, no Teatro Arraial, vai debater sobre as escolhas performativas de criação em dança na atualidade.

11ª Mostra Brasileira de Dança
Programação no site www.mostrabrasileiradedanca.com.br
Ingressos à venda antecipadamente no site www.compreingressos.com
Na bilheteria dos teatros, os ingressos serão vendidos somente no dia de cada espetáculo.
Informações: (81) 3421- 8456

ESPETÁCULO DA ABERTURA
Aquarelas (Cia. de Dança Carlinhos de Jesus / RJ)

Nesta sexta-feira (1º de agosto), às 20h, com repetição no sábado, às 20h30, no Teatro de Santa Isabel (Praça da República, s/n, Santo Antônio. Tel. 3355 3322). Ingresso: R$ 20 e R$ 10. Duração: 1h. Indicação: livre.

Com atenção especial à arte popular praticada no Rio de Janeiro e suas variações coreográficas do samba, eis um verdadeiro painel das danças do Brasil que é pura festa. No palco, Carlinhos de Jesus e mais doze bailarinos apresentam o chorinho, o samba percussivo, o samba de roda, o samba no pé, o samba na Comissão de Frente da Mangueira, os sambas de gafieira, e tantas outras manifestações populares do dançar no Brasil, como a lambada, o forró e o frevo. Além de contar com inserções de vídeo e um número especial de plateia, uma coreografia vibrante encerra tanta declaração de amor ao nosso país: Aquarela do Brasil, com presença de mestre sala, porta bandeira e passistas, numa referência ao mais do que festivo carnaval carioca e ao país do samba.

Incontestavelmente, Carlinhos de Jesus tornou-se o sinônimo da dança de salão brasileira e referência internacional como dançarino, coreógrafo e professor. Com a sua Cia. de Dança Carlinhos de Jesus, ele já montou outros espetáculos como Ritmus, Pé na Estrada e Isto é Brasil, este último em parceria com a bailarina clássica Ana Botafogo, encenado desde 2004 e já assistido por mais de 200 mil pessoas em todo o país.

ROTEIRO DO FINAL DE SEMANA:

Dia 1 de agosto de 2014 (sexta-feira)
Teatro de Santa Isabel, 20h. Preço: R$ 20,00 e R$ 10,00
Aquarelas (Cia. de Dança Carlinhos de Jesus / RJ) – Carlinhos de Jesus e mais doze bailarinos apresentam manifestações populares do dançar no Brasil, como sambas, a lambada, o forró e o frevo.

Dia 2 de agosto de 2014 (sábado)
Teatro Apolo, 19h. Preço: R$ 20,00 e R$ 10,00
O Vestido (Núcleo de Criação Rosa Antuña / MG) – Solo de dança, teatro, poesia e canto com a mineira Rosa Antuña, que usa um vestido como metáfora dos sonhos almejados.

Dia 2 de agosto de 2014 (sábado)
Teatro de Santa Isabel, 20h30. Preço: R$ 20,00 e R$ 10,00
Aquarelas (Cia. de Dança Carlinhos de Jesus / RJ) – Carlinhos de Jesus e mais doze bailarinos apresentam manifestações populares do dançar no Brasil, como sambas, a lambada, o forró e o frevo.

Dia 2 de agosto de 2014 (sábado)
Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu), 21h. Preço: R$ 20,00 e R$ 10,00
D.I.V.A.S. – Era Uma Vez… (Cia. Árabe Hannah Costa / PE) – Um personagem quixotesco repassa seu passado em meio a diversas coreografias, com destaque à dança do ventre. Participação especial do ator Adriano Cabral e da dançarina Lulu from Brazil (SP).

Dia 3 de agosto de 2014 (domingo)
Paço do Frevo (Praça do Arsenal da Marinha, s/n, Bairro do Recife. Tel. 3355 9500), 16h. Preço: R$ 6,00 e R$ 3,00 (entrada no local. Professores da rede pública não pagam)
Frevo de Casa (Flaira Ferro, Valéria Vicente, Spok e Lucas dos Prazeres / PE) – Trabalho de dança e música ao vivo que investiga, através da improvisação, a relação entre o indivíduo e a tradição em seu viés dinâmico e criativo.

Dia 3 de agosto de 2014 (domingo)
Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu), 16h30. Preço: R$ 20,00 e R$ 10,00
O Tempo Perguntou ao Tempo (Grupo Acaso e Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco – Apacepe / PE) – Espetáculo dedicado às crianças e que reúne dança e teatro de formas animadas numa viagem ao mundo das rimas infantis.

Dia 3 de agosto de 2014 (domingo)
Teatro Apolo, 17h30
Preço: R$ 20,00 e R$ 10,00
Marruá (Projeto Marruá / RN) – Dois intérpretes-criadores, como personagens andarilhas, abordam questões referentes ao universo do sertão e da cultura afro-brasileira.

Dia 3 de agosto de 2014 (domingo)
Teatro de Santa Isabel, 19h30
Preço: R$ 20,00 e R$ 10,00
Na Pista (Companhia Urbana de Dança / RJ) – Espetáculo de danças urbanas que tem suas raízes no subúrbio carioca e cujo título é sinônimo de “estar na vida”.

< voltar para home