Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Mostra Canavial de Cinema ocupa espaços públicos de oito municípios da Mata Norte

Com incentivo do Funcultura, o festival leva sessões gratuitas a espaços abertos e públicos de oito cidades da Zona da Mata. Na programação, apenas curtas produzidos na região

Um cinema a céu aberto, com filmes que retratam vivências e histórias semelhantes a de populações da Zona da Mata Norte de Pernambuco. Há nove edições, a Mostra Canavial de Cinema democratiza o acesso à sétima arte na região, ao mesmo tempo em que atua como vitrine para as produções audiovisuais locais. A edição 2022, que conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura, começa na próxima terça-feira (25)  e segue até o dia 11 de fevereiro (sexta-feira), levando sessões e outras atividades gratuitas a oito cidades da Zona da Mata pernambucana.

A 9ª Mostra Canavial de Cinema apresenta um recorte curatorial assinado por Caio Dornelas, o idealizador do festival. Serão exibidos 13 curtas-metragens feitos na Zona da Mata Norte de Pernambuco nos últimos 10 anos. Obras produzidas por realizadores e realizadoras de audiovisual de cidades como Goiana, Carpina, São Vicente Férrer, Nazaré da Mata, entre outras, que trazem à tona temáticas históricas, sociais, políticas e culturais próprias da realidade da Mata Norte, sob o olhar crítico e poético das populações locais.

Os filmes serão apresentados em duas sessões, sendo uma por dia, sempre às 19h, em cada uma das oito cidades no circuito 2022 da Mostra – Condado (25 e 26/1), Goiana (27 e 28/1), Glória do Goitá (29 e 30/1), Paudalho (1º e 2/2), Nazaré da Mata (3 e 4/2), Carpina (5 e 6/2), São Vicente Férrer (8 e 9/2) e Vicência (10 e 11/2). As sessões ocorrem em espaços públicos e ao ar livre, como praças, comunidades rurais e ribeirinhas, trazendo o cinema para perto de populações carentes desse tipo de arte.

Reunindo Ficção, Documentário e Animação, a Mostra Canavial se debruça sobre registros de mestres, mestras e manifestações culturais da Mata Norte, além de conflitos sociais, de gênero, temáticas LGBTQIA+, entre outros temas ambientados na Zona da Mata. Após as sessões, a equipe da Mostra conduz um debate com os espectadores. “É um conjunto de filmes que traça um percurso de conquista de territórios e amadurecimento de um povo que vem se ocupando em contar suas histórias da forma mais honesta que pode”, defende Caio.

A programação audiovisual da Mostra Canavial de Cinema é gratuita, aberta ao público. As atividades acontecem com respeito aos protocolos de prevenção contra a gripe e Covid-19. Haverá distribuição de máscaras e álcool gel para o público e disponibilização de assentos respeitando regras de distanciamento social. A programação completa pode ser conferida no site: www.mostracanavial.com.br.

SESSÃO ESPECIAL - Na abertura em Condado, neste 25/01, a Mostra Canavial escolheu um filme especial para dar início à edição 2022 – o curta “Da Boca da Noite à Barra do Dia”, do diretor Tiago Delácio, será exibido extraordinariamente na programação. Gravado na cidade, o filme saiu premiado no 54º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, em dezembro passado. A obra foi eleita Melhor Filme pelo júri popular do festival e rendeu ainda o prêmio de Melhor Ator para o Mestre Marcelo, do Cavalo-Marinho de Condado.

PROGRAMAÇÃO PARALELA - Além das sessões, a Mostra Canavial conduz atividades formativas e um seminário que ajudam a fomentar a produção audiovisual na Mata Norte. Nesta 9ª edição, haverá a realização da Oficina Realização Rápida de Cinema Ligeiro em Condado (24, 25 e 26/1) e Paudalho (1º e 2/2), com público mobilizado localmente pela produção do festival. Já em Vicência (19 e 20/02), a Mostra culmina com o 9º Encontro do Arranjo Produtivo Local do Audiovisual, reunindo cineastas, produtores e realizadores de cinema da Zona da Mata Norte em palestras, debates e atividades culturais diversas.

Caio acredita que, desde o surgimento da Mostra Canavial, em 2011, a iniciativa ajudou a acelerar a produção cinematográfica na Zona da Mata nos últimos anos, sendo testemunha do surgimento de cineclubes e produtoras independentes, e ajudando a formar novos cineastas. “Muitos realizadores que assistiam à Mostra no início e participaram das oficinas, hoje exibem seus filmes na nossa programação. A linguagem cinematográfica é um instrumento de luta e de expressão que deve estar ao alcance de todos”, endossa.

Programação

Condado: 25 e 26/1
Engenho Bonito – Associação de Trabalhadores Rurais do Assentamento Luiza Ferreira

Goiana: 27 e 28/1
Praça da praia de Atapuz, em frente à Igreja de São Benedito

Glória do Goitá: 29 e 30/1
Sítio Malícia, em frente ao Museu do Cavalo Marinho do Mestre Zé de Bibi

Paudalho: 1º e 2/2
Distrito Rosarinho, em frente à Igreja do Rosário dos Pretos

Nazaré da Mata: 3 e 4/2
Assentamento Camarazal

Carpina: 5 e 6/2
Caraúba Torta, em frente à Escola São Joaquim

São Vicente Férrer: 8 e 9/2
Praça Severino Carneiro, em frente à biblioteca

Vicência: 10 e 11/2
Povoado de Angélicas, em frente à Igreja de Nossa Senhora do Rosarinho

Vicência: 19 e 20/2
9º Encontro do Arranjo Produtivo Local do Audiovisual, voltado a cineastas, produtores e realizadores de audiovisual da Mata Norte

Programação audiovisual

Sessão Especial (exclusivamente na abertura da Mostra, dia 25/1, em Condado)
“Da Boca da Noite à Barra do Dia”, de Tiago Delácio

Sessão “Do Canavial para o Mundo” (1º dia de cada cidade)
“Quando a chuva vem?”, de Jefferson Batista
“Cambinda: Onde nada se ensina, tudo se aprende”, de Enoo Miranda
“Painho e o Trem”, de Mery Lemos
“Aracá”, de Abiniel João Nascimento
“O Cine São Vicente”, de Kleber Camelo
“Estrela Nazarena”, de Luiz Felipe Sena

Sessão “Do Mundo para o Canavial” (2º dia de cada cidade)
“Maurício Soares, Baiana Rica”, de Gabriela Monteiro
“Raphael e Nain”, de Durval Cristóvão
“Mestra Cristina, Cultura o Tempo Todo”, de André Pina
“Eu Sou Raiz”, de Cíntia Lima e Lílian de Alcântara
“Solo”, de Brunna Carvalho
“Geisiely com Y”, de Mery Lemos
“O Que Se Memora”, de Caio Dornelas e Ernesto Rodrigues

Serviço
9ª Mostra Canavial de Cinema
De 25 de janeiro a 20 de fevereiro de 2022
Sessões de cinema gratuitas às 19h
Mais informações: www.mostracanavial.com.br / Instagram: @mostracanavial

< voltar para home